Blog da Laura Peruchi – Tudo sobre Nova York
gastronomia

8 restaurantes com vistas incríveis em Nova York

Nova York é uma cidade cheia de arranha-céus. É por isso que ver a cidade de cima se torna algo tão especial. Há várias maneiras de você apreciar o visual da Big Apple. Uma delas, é por meio dos observatórios. Outra dica é conferir um dos vários bares em rooftops na cidade. Por fim, outra ideia é o que eu chamo de unir o útil ao agradável e almoçar ou jantar em um restaurante com vista. E hoje vou listar para vocês oito restaurantes com vistas incríveis e que valem muito a pena. Lembrem-se: um almoço ou jantar em um desses restaurantes é muito mais que uma simples refeição, é uma experiência especial.

Este post foi originalmente escrito em 2019 e esta é a versão atualizada.

1. Manhatta

Esse restaurante, que pertence ao Union Square Hospitality Group, combina uma vista sensacional com um menu do chef Jason Pfeifer, oferecendo opções sazonais e inspirada nos sabores franceses.  O Manhatta fica localizado no 60° andar de um prédio que fica em Downtown, na Liberty Street. Sua localização privilegiada, num andar alto, e suas janelas amplas proporcionam uma vista sensacional para a cidade, contemplando o lado leste, oeste e midtown – para vocês terem uma ideia, dá para avistar o Empire State, a Brooklyn Bridge e a Manhattan Bridge. A vista é muito similar àquela do One World Observatory.

Bom lembrar que o Manhatta ficou fechado por dois anos devido à pandemia e reabriu em março deste ano, por enquanto como bar. A promessa é que tenhamos novidades no decorrer deste ano. O menu de comida, por enquanto, conta com apertivios e algumas opções de pratos principais – de $24 a $36. Os drinks custam $19.

2. Peak

Esse restaurante é relativamente novo – abriu em 2020 – e fica no Hudson Yards, no 101º andar, mais precisamente acima do Edge, um dos novos observatórios da cidade. Dirigido pelo chef executivo Chris Cryer e projetado pelo renomado arquiteto David Rockwell, o Peak oferece vistas impressionantes da cidade, num ambiente sofisiticado e elegante. É praticamente a mesma vista que você tem do Edge. O menu de almoço conta com opções de pratos principais a partir de $33 e, no jantar, as opções começam em $38.  Além do restaurante, o Peak também conta com o PEAKABOO – uma experiência de bar badalado de quinta a sábado, das 23h às 2h. Tem aperitivos, muito espumante, drinks e vistas incríveis da cidade – além de Dj animando o ambiente.

3. queensyard

Esse é outro restaurante no Hudson Yards – mas fica dentro do shopping, então tem vista para o The Vessel. Trata-se um restaurante britânico com layout inspirado nos quartos de uma casa de campo inglesa. De fato, a decoração do lugar é um sonho e a vista para o monumento é um plus. O menu é de culinária britânica moderna, com influências de ambos os lados do Atlântico. Eu já estive lá pra almoço e pra jantar e adorei. A comida é muito bem preparada e a apresentação dos pratos também merece destaque. Tem opção de almoço com preço fixo de $39 de segunda a sexta (entrada e prato) e brunch no mesmo esquema (sábado e domingo). No jantar, os pratos principais começam em $33.

4. Le Pavillon

O Le Pavillon é um restaurante do famoso chef Daniel Boulud e fica localizado no One Vanderbilt – mesmo prédio do observatório Summit. Mas atenção: ao contrário dos outros restaurantes do post, que ficam no topo de prédios, esse restaurantes está no segundo andar, mas mesmo assim tem vistas para a Grand Central e para o Chrysler Building, além de ambiente super sofisticado, com jardim e oliveiras. Eles contam com menu de preço fixo – no almoço, custa a partir de $78. Se você não quiser almoçar ou jantar lá, dá para aproveitar o bar, que tem provavelmente a melhor vista do restaurante – eles servem petiscos (e drinks, claro!).

5. The Fulton

Restaurante localizado no novíssimo Pier 17. Sob a direção do renomado chef  Jean-Georges Vongerichten, é especializado em frutos do mar – o primeiro do chef focado nesse segmento. Tem um ambiente super sofisticado – além do plus da vista incrível para o East River e a magnífica Brooklyn Bridge. O restaurante abre para almoço, jantar e brunch e o menu inclui pratos diversos com peixes e frutos do mar. Quando estive lá, provei as ostras e também Fish & Crisp, uma releitura (deliciosa) do clássico Fish & Chips, além do Fish Stew, um ensopado com peixes e frutos do mar com um tempero simplesmente perfeito. Pratos com frutos do mar costumam ser mais caros, na média geral, e aqui eles custam de U$21 a U$42.

 

6 Robert

É um restaurante focado em cozinha americana e abre para almoço, jantar e brunch. Fica no nono andar do Museu de Artes e Design, localizado em Columbus Circle. Sua vista contempla a região de Columbus Circle e também o Central Park. Além disso, o ambiente tem uma pegada bem moderna, com cadeiras em tom de roxo. É bom lembrar que não é preciso comprar ingresso para o museu para ir ao restaurante – basta subir o elevador até o nono andar. No menu de brunch, há pratos com ovos e outras opções, com preços que que ficam entre U$24 e U$36. Também há sanduíches entre U$18 e U$21 e uma seleção de massas e risoto. O menu de almoço (segunda a sexta) oferece opções a partir de U$20. À noite, no jantar, as opções começam em U$27. Sugiro clicar aqui e conferir todos os menus.

7. Celestine

Esse restaurante serve comida mediterrânea e sua localização privilegiada proporciona uma vista incrível para a Manhattan Bridge e, dependendo da mesa, também para a Brooklyn Bridge. O interessante do Celestine é que ele tem estrutura esvidraçada, o que te permite apreciar a vista mesmo estando dentro do restaurante. O ambiente é super aconchegante e a comida é deliciosa também. No verão, as mesas externas proporcionam uma experiência super agradável. O brunch, servido aos sábados e domigos, tem pratos a partir de U$16. Como a inspiração é mediterrânea, você encontrará opções como hummus, salada grega, aperitivos com pão pita, entre outros.  Além disso, o Donut marroquino é uma ótima opção de sobremesa diferente! Para jantar, as opções começam em U$27.

 8. The View

É um restaurante que fica no 47º andar do New York Marriott Marquis, no coração da Times Square. Pela localização, no alto de um prédio, já dá pra imaginar que um dos destaques do local fica por conta da vista, certo? Além disso, tem um detalhe bem especial: não importa a localização da sua mesa, você vai contemplar toda a vista, já que o restaurante é giratório.

O The View está temporariamente fechado, mas o lounge está aberto.

Opções:

  • Somente aos domingos – o The View oferece o brunch, das 10h às 13h30. Há três estações do buffet. Uma conta com pães, bagels e bolos variados – todos fabricados ali – saladas variadas e frios (queijos, salame, presunto, etc). A outra estação – e a maior delas – é a de comidas quentes. Há macarrão, salmão, frango e vegetais, além das opções típicas de brunch americano, como bacon, ovos, batatas e waffles. Na mesma estação, você pode pedir uma omelete e panquecas, preparadas na hora, e do seu jeito. A última estação é a de sobremesas, com uma gama variada de cheescakes e outras delícias, além de uma fonte de chocolate, para fazer seu próprio fondue (há frutas e marshmallows para isso). Há café e sucos e o brunch ainda inclui duas Mimosas por pessoa (drink que leva suco de laranja e espumante). Tudo isso pelo preço de U$68 por pessoa (sem incluir taxas e gorjetas).
  • De segunda a sábado, o The View abre a partir das 17h30 para jantar, no sistema A la carte, com menu a preço fixo de U$92, incluindo entrada, prato principal e sobremesa. Você pode clicar aqui para conferir as opções disponíveis no cardápio.
  • O Lounge, que fica no próximo andar,  48º e funciona como bar exige o mínimo de um drink por pessoa e, a partir das 20h, é cobrada uma taxa de U$8 por pessoa.
  • Endereço: 1535 Broadway.
  • Clique aqui para conferir o post completo – E MAIS FOTOS! Confira o vídeo abaixo!

Considerações finais – leia!

  • FAÇA RESERVA! Quando se trata de restaurantes em Nova York, vou sempre bater na tecla que é melhor reservar. Se é um restaurante especial, como os citados no post, maior ainda a importância da reserva. Reservar com antecedência te garante não só uma mesa mas também a chance de um lugar mais privilegiado. Sempre mencione nas observações da sua reserva que você gostaria de uma mesa com vista ou uma mesa na janela. Aqui tem um post dos meus apps favoritos.
  • Vai celebrar algo especial? Aniversário, aniversário de casamento, lua de mel, uma promoção? Coloque isso na reserva também. Muitos restaurantes preparam algum mimo ou cortesia (não é regra).
  • Cheque o funcionamento dos locais no Google.
  • Os preços citados no post são uma média. Menus e preços podem mudar, por isso eu sempre sugiro checar o site do restaurante – sempre dá pra checar todos os menus e valores.
  • Obviamente, não esqueça das gorjetas!

3 Comentários

  1. Laura, boa tarde! Seus posts são sempre muito explicativos e suas dicas são as melhores. Adquiri seu guia logo no início do planejamento da minha viagem, que será no final de abril. Através de vc conheci a Paty e estou fazendo roteiro Personalizado com ela, e já incluímos o The View para brunch e Manhatta para jantar. Obrigada pelas dicas e pela honestidade com que vc produz seus conteúdos. Gostaria que vc me desse informações sobre o transfer feito pelo Emerson. Grata! Luciana.

Leave a Response