turismoVida Noturna

Anastasia na Broadway – review e curiosidades sobre o musical

Em cartaz desde março do ano passado, Anastasia talvez não cause o mesmo buzz de Aladdin, Rei Leão ou de Frozen. Mas, merecia viu? O musical estava na minha wishlist há algum tempo e, agora, depois de finalmente conferir de perto, posso dizer que ele merece sua atenção. E, no post de hoje, vou tentar explicar as razões que me fizeram ficar encantada com a história e a produção.

Antes de mais nada, acho que vale começar já esclarecendo uma dúvida super comum: Anastasia não é um musical da Disney. O musical é inspirado no filme Anastasia (de 1956) e na animação Anastasia, lançada pela Fox em 1997 – e não pela Disney, como muita gente acha. Eu não assisti ao filme (animação), mas ele foi sucesso de bilheteria na época. Ao chegar ao teatro, a única coisa que eu sabia sobre a história era que ela se passava em São Petesburgo (Rússia) e Paris (França) e que a trama envolvia a protagonista buscando suas raízes.

Outro detalhe que preciso destacar é o teatro e nossos assentos. Anastasia está em cartaz no Broadhurst Theatre. O teatro tem uma arquitetura linda, não é muito grande e nós (fui com minha irmã e uma amiga) ficamos sentadas no mezanino, mais ou menos na quarta fileira. Eu já sentei em todas as áreas de teatros e confesso que fiquei muito surpresa – positivamente – com a visão do palco. Incrível, eu me senti num camarote, sério.

Se você, como eu, também não conhece a história de Anastasia, eu sugiro tentar assistir à animação antes. Certamente, vai ajudar na compreensão de toda a trama e fazer você aproveitar muito mais a produção. Para dar um resumo, a trama conta a história de Anastasia e sua família real, capturados pelo pelotão de fuzilamento de Romanov, que mata toda a sua família. A jovem é dada como morta – mas a verdade é que Anastasia sobrevive. Entretanto, como perdeu a memória, ela vaga pelas ruas de São Petesburgo, onde as pessoas ainda se questionam sobre a possibilidade de a mesma estar viva. Sua avó, a Imperatriz, que foi embora para Paris antes do assassinato da família, oferece uma recompensa para quem encontrar Anastasia, que se torna uma lenda viva sem saber. Com o prêmio em dinheiro em jogo, não faltam moças querendo assumir o posto de Anastasia. É aí que somos apresentados a Dmitry e Vlad, que estão planejando treinar a farsante perfeita para se passar por Anastasia. Anya, como Anastasia se apresenta agora, acaba se mostrando uma candidata perfeita para o plano de Dmitry e Vlad. Porém, ao longo da execução do plano, os dois acabam se surpreendendo com a performance de Anastasia, que vai revelando memórias que nem ela mesma sabia que tinha.

Depois desse breve resumo, podemos começar a destacar os pontos fortes do musical na Broadway e eu não poderia deixar de mencionar os cenários. Depois que assisti Frozen, eu achei que ficaria difícil me encantar com outros cenários. Anastasia não tem os efeitos especiais e mágicos de Frozen, mas seu telão gigantesco que ocupa todo o fundo do palco nos transporta para as ruas de São Petesburgo com detalhes precisos. Tanto minha irmã quanto minha amiga já estiveram na cidade e me garantiram que o cenário era fiel e encantador. O mesmo podemos falar de Paris – até mesmo os detalhes da Ópera da cidade são reproduzidos no palco de Anastasia. A rapidez com que os cenários mudam em frente aos seus olhos também encanta – e te transporta para o exato lugar que eles querem mostrar – seja a charmosa ponte Alexandre III ou a estação de trem em São Petesburgo. Aliás, quando os personagens partem da estação para Paris, conseguimos viajar junto com eles. É incrível!

Também preciso fazer menção honrosa ao enredo. Que bela surpresa saber que uma história de uma personagem feminina forte ganhou uma versão animada para as crianças em 1997. Anastasia não é um conto de fadas, nem faz a trajetória da protagonista se resumir a ficar com um príncipe – que, neste caso, nem existe aqui. A protagonista é uma jovem forte e determinada, mas também cheia de inseguranças e dúvidas. Sua vida amorosa é somente um detalhe, porque a personagem está envolvida com um problema muito maior, que é descobrir-se e encontrar suas origens. Além disso, vale destacar o contexto histórico da trama – o quanto você sabe sobre a história da Rússia – e o figurino, que perfeição!

Para encerrar minha análise, não poderia deixar de citar o fator humor. Como já é de praxe, em Anastasia também temos um personagem engraçado, Vlad (John Bolton), o amigo de Dmitry. O ator é genial em sua interpretação e arrancou boas risadas da gente! Essa parte do humor deixa o musical mais leve e acabou nos divertindo bastante. Talvez ele seja meu personagem favorito da peça!

Curiosidades e fatos interessantes:

  • Lynn Ahrens e Stephen Flaherty, que escreveram as canções para o desenho animado de 1997, escreveram várias músicas novas para o musical de palco. Todas as músicas do filme também estão no musical.
  • O designer de projeções Aaron Rhyne viajou para Paris em busca de inspiração para capturar os ambientes exuberantes dos cenários do show.
  • Christy Altomare, que interpreta a Anastasia, foi vestida como a personagem para sua audição e conseguiu o papel.
  • A atriz Mary Beth Peil interpretou a avó de Anastasia até setembro. Para quem assistiu Dawson’s Creek, ela era a avó de Jen. 
  • O musical tem duração de 2 horas 25 minutos, incluindo o intervalo.
  • Crianças menores de 4 anos não são permitidas no teatro. 

Para comprar ingressos:

  • Nós assistimos ao musical Anastasia com ingressos do TodayTix. O TodayTix é uma plataforma (site e app) para compra de ingressos para espetáculos Broadway e Off Broadway. A compra é rápida e segura – você recebe um e-mail de confirmação e até mesmo um e-mail no dia da peça. A retirada dos ingressos é feita com um representante do TodayTix, a partir de 30 minutos antes do início do espetáculo. Já usei o TodayTix várias vezes e nunca tive problemas.
  • Clique aqui para comprar seus ingressos!
  • Os links apresentados no post são de afiliados – não custa nada a mais comprar por eles e você ajuda o meu trabalho!

Leave a Response