Blog da Laura Peruchi – Tudo sobre Nova York
gastronomiaturismo

Explorando Red Hook no Brooklyn: vinícola + churrascaria texana

Não me canso de repetir o quanto eu me surpreendo com Nova York. Uma das várias coisas que me fazem amar morar aqui é saber que sempre há algo novo para fazer. Quase todo fim de semana, eu e o Thiago fazemos algo diferente: seja comer num restaurante que ainda não conhecemos ou explorar uma região que era desconhecida pra gente. O bairro Red Hook, que fica no Brooklyn, já estava na minha listinha há algum tempo – e, há algumas semanas, passamos um domingo delicioso por lá. Sem dúvidas, é uma ótima opção para colocar no roteiro caso você seja do tipo que busca por programas diferentes ou nada óbvios.

Localizado ao sudoeste do bairro Carroll Gardens, Red Hook continua a ser um bairro um tanto isolado por conta da falta de estações de metrô próximas – para chegar lá, é preciso uma longa viagem de metrô e mais um bom trecho de ônibus. Isso acaba dando à região esse ar de “exclusividade”, digamos assim. Red Hook não é das áreas mais exploradas pelos turistas – o que é uma pena, pois há várias coisas legais para se fazer por lá. O bairro abriga muitos negócios artesanais e fábricas pequenas e foi drasticamente atingido pelo furacão Sandy. Para quem nunca ouviu falar do bairro, é lá que fica localizada a Ikea, rede sueca de lojas de móveis, famosa pelos preços baixos. E o post de hoje é para mostrar que Red Hook tem muito mais do que a Ikea para oferecer. Suas ruas calmas com paralelepípedos fazem você se sentir numa cidadezinha do interior. Rica em gastronomia, a área conta com restaurantes e fábricas perfeitos para um dia de degustação de muitas delícias.

Por conta da falta de estações próximas de metrô, o meio mais prático e rápido de chegar a Red Hook é usando o Water Taxi. O barco sai do Pier 11 (veja no mapa no fim do post) e o ticket custa U$5 (por trecho). A melhor notícia é que aos sábados e domingos o barco é gratuito. São cerca de 16 minutos de viagem até Red Hook –  o Water Taxi para na Ikea. Você pode conferir os horários aqui – cheque para planejar o seu roteiro. Além disso, o NYC Ferry também faz o mesmo trajeto – e cada trecho custa U$2,75 e ele para no dock Red Hook/Atlantic Basin. Vale lembrar que só o passeio por si só já vale muito a pena, pois proporciona vistas incríveis para o skyline de Manhattan, a Brooklyn Bridge e até mesmo a Estátua da Liberdade. Saindo do Red Hook Dock – que por si só já tem uma vibe e vista maravilhosas – você explorar muitos lugares a pé. Passemos por muitos locais quando estivemos lá e hoje eu destaco dois deles: a The Red Hook Winery e a Hometown Bar-B-Que.

The Red Hook Winery – não se vocês sabem, mas o estado de Nova York conta com muitos vinhedos e vinícolas, especialmente na região de Long Island. O que eu não sabia era que não era preciso ir tão longe para visitar uma vinícola de perto. A The Red Hook Winery é uma vinícola que fica em Red Hook. Localizada às margens do rio, seu foco é na viticultura do estado de Nova York. Ou seja, as uvas usadas para a produção dos vinhos são todas de origem do próprio estado, de 15 diferentes produtores das regiões de North Fork,  Long Island e Finger Lake. Um dos diferenciais da The Red Hook Winery é que eles contam com três enólogos – Robert Foley, Abe Schoener, e Christopher Nicolson – e cada um usa seu know-how para produzir os vinhos, resultando em muitas variações.

O local conta com uma área social, de decoração rústica, onde é possível degustar vinhos de uma seleção de 70 tipos. Você pode pedir uma taça ou uma garrafa ou então fazer a degustação. Você escolhe 4 vinhos para degustar e paga U$15. O menu ainda conta com seleção de queijos e chips. O ambiente é muito bacana, os funcionários são super atenciosos e os vinhos são uma delícia. Adorei a experiência!

A The Red Hook Winery também oferece tours gratuitos todos os sábados e domingos, às 13 horas – válido para quem consumir algo por lá. Tivemos a oportunidade de fazer o tour e conhecemos as instalações da vinícola e um pouco mais sobre o processo de fabricação dos vinhos. Foi muito interessante!

Endereço: 175 Van Dyke St.

Hometown Bar-B-Que – depois de um vinho e alguns aperitivos, hora de almoçar! Escolhemos o Hometown Bar-B-Que, que tem 4 estrelas no Yelp e nota 9,4 no Foursquare, ou seja, super bem cotado. No Foursquare, os usuários rasgam elogios ao local e alguns até afirmam que é o melhor lugar para comer um autêntico barbucue (churrasco americano) em Nova York. O Hometown Bar-B-Que abriu em 2013 e é especializado em carnes defumadas, preparadas com uma técnica comum do sul dos EUA. Ou seja, no melhor estilo texano. As carnes incluem cordeiro (lamb), porco, peru e frango. Sem dúvidas, um dos best-sellers do local e melhor pedida é a costela (beef ribs). A carne é macia, chega a se desmanchar na boca. Tudo é preparado apenas com sal – e aí você pode incrementar o seu prato com o clássico molho barbecue. O preço das carnes varia de U$11 até U$30. As costelas são vendidas por peso – U$26 a libra, 400g – o que é bem suficiente para duas pessoas. Vale cada centavo. Sem dúvidas, foi uma das melhores carnes que já provei aqui em Nova York. O menu ainda inclui sanduíches – estilo burgers – com preços de U$12 em média. Acompanhamentos incluem o clássico mac’n cheese, salada de batata e até mesmo tacos – tudo na faixa de U$4 a U$12. Você pode clicar aqui e conferir o menu completo. O Hometown Bar-B-Que funciona no serviço meio que self-service, sabem? Você pega a fila, faz o pedido e escolhe a mesa pra sentar. Não tem frescuras.

Endereço: 454 Van Brunt St

Gostaram? Red Hook tem muito mais coisas para oferecer – e o destaque fica por conta dos restaurantes. Quem curte frutos do mar, não pode deixar de conferir o Brooklyn Crab e o Red Hook Lobster Pound. Neste link, você pode conferir mais informações sobre estes e outros restaurantes recomendados do bairro. E semana que vem tem mais um post com dicas de Red Hook!

banner face

 


2 Comentários

  1. Que dicas incríveis, Laura! Lugares super bacanas! Já está na minha wishlist para a próxima viagem a NYC!

Leave a Response