Blog da Laura Peruchi – Tudo sobre Nova York
comprasgastronomiaserviçosturismo

Nova York: 10 dicas simples que otimizam a sua viagem

Ok, você já comprou as suas passagens, reservou o hotel, fez a lista dos lugares que quer visitar, está com todos os produtos que pretende comprar devidamente anotados e seus dias já estão todos planejados. Parabéns, um roteiro bem planejado otimiza a sua estadia em qualquer lugar do mundo – e, quando a cidade tem muito a oferecer, como é o caso de Nova York, nem se fala, né? Mas, falando em Nova York, há alguns macetes e dicas simples que ajudam a melhorar ainda mais o seu tempo por aqui. Hoje, eu listo 10 que considero essenciais – e talvez vocês não conheçam algumas delas.

1. Use e abuse de aplicativos como o Yelp e Foursquare – quando a gente fala sobre alimentação em Nova York, sempre rolam as perguntas clássicas do tipo: quanto custa um prato? Mas, infelizmente, não dá pra colocar o menu inteiro num post aqui no blog ou no Insta, então, seu sempre falo sobre a média. Porém, o aplicativo Yelp mostra o menu completo de muitos restaurantes, além da faixa de preço e como anda a reputação do local. Vale conferir o Foursquare também! Os usuários costumam postar fotos do local e dos pratos e comentar sobre os pratos que mais curtiram. PS: se não encontrar o menu que procura no Yelp, acesse o site do restaurante – muitos deles disponibilizam o menu online.

2. Google Maps – esta é a resposta para a pergunta: onde fica? Google Maps responde gente! Tá aí o tipo de ferramenta que te ajuda durante o planejamento – você pode montando o seu próprio mapa e planejando cada dia de acordo com a distância entre um local e outro – e durante a viagem – mesmo morando aqui, eu de vez em quando preciso checar no Maps onde tal lugar fica e qual linha de metrô devo usar. Usem e abusem dessa ferramenta – e não esqueça que existe a versão offline: você salva o itinerário e consegue usar o mapa mesmo sem acesso à internet. Veja detalhes aqui.

3. OpenTable – quer muito jantar ou almoçar naquele restaurante, mas não quer correr o risco de esperar tempo demais por uma mesa (e morrer de fome?)? Então, o bacana é fazer uma reserva e garantir o seu lugar. O OpenTable é um site – tem aplicativo também – através do qual você consegue reservar horários em diversos restaurantes da cidade. E lembre-se: se a reserva é para às 20h30, você deve estar lá às 20h30, ok?

4. Banheiros públicos – em Nova York, a gente passa muito tempo nas ruas, pra lá e pra cá – tomando muito café no inverno e muita água gelada no verão. E, como somos seres humanos com necessidades fisiológicas, é óbvio que a vontade de fazer xixi vai bater uma hora. Macete pra vida: restaurantes do Mc Donald’s e Starbucks. Mas, vale conferir este site, que lista uma variedade imensa de outros banheiros públicos na cidade. Recomendo conferir o vídeo do Amigo Gringo, acima, que dá dicas valiosas para você não passar aperto, literalmente.

5. Taxas – este assunto foi tema de um post semana passada, mas não custa lembrar: não há cobrança de taxas em roupas ou calçados cujo preço seja inferior a U$110. As taxas são calculadas por item. Isso quer dizer que se você comprar U$700 em roupas e calçados e nenhum item custar mais que U$110, sua compra não terá nenhuma taxa. Se dentre os itens houver alguma peça cujo preço for superior a U$110, só aquela peça sofrerá incidência de imposto. Veja mais detalhes aqui.

6. Horários de pico – no ano passado, o Google lançou um novo recurso que facilita a vida de quem utiliza o site de busca para procurar informações sobre restaurantes e outros estabelecimentos. Além do endereço, telefone e horário de funcionamento do local – o que é bastante útil – o buscador informa o melhor o melhor horário para frequentá-lo, o que evita ter que enfrentar filas e lotações. É necessário fazer uma busca pelo nome do local e clicar no resultado para acompanhar os “horários de pico” do local. Veja acima o exemplo!

7. Ingressos para a Broadway – muita gente que vem para Nova York sonha em assistir a um espetáculo da Broadway. Não é um dos programas mais baratos da cidade, mas com planejamento – e conhecendo os macetes – você consegue encontrar ingressos bem baratos! Eu recomendo o aplicativo Today Tix para quem não quer perder tempo – você compra tudo pelo celular e retira os ingressos em frente ao teatro meia hora antes do espetáculo começar. Use meu código e ganhe U$10 de desconto: JGQOM. Rush tickets e lottery tickets também são ótimas alternativas. Quer saber como funcionam esses sistemas? É só acessar este post aqui e conferir estas e outras dicas. Ah, e vocês sabiam que há loteria online para o Rei Leão? Você pode se cadastrar diariamente para concorrer ingressos por U$30 cada, a partir das 9 da manhã ou das 7 da noite. Os vencedores são avisados por e-mail no dia seguinte – e têm uma hora para confirmar a compra. Fique de olho na data para a qual o ingresso é válido – é sempre de um dia pro outro! Veja mais detalhes aqui! Vale lembrar que Nyorquina – que trabalha com roteiros personalizados – também consegue ingressos mais baratos! O contato dela é nyorquina@gmail.com 

8. Cupons de desconto – para quem visita a Big Apple na intenção de fazer algumas compras, economizar é sempre bom, certo? Além de saber os lugares melhores para comprar – Nova York está cheia de lojas de desconto e outlets, veja a aba compras aqui no blog – muitos locais oferecem cupons de desconto (e alguns são descontos bem caprichados!). O ideal é procurar esses cupons quando a sua viagem estiver bem próxima, pois a validade deles é curta. Um bom aplicativo para consultar é o Retail me Not. A Fan Page Cupom Mania EUA também sempre divulga ótimos cupons.

9. Descontos em atrações – Nova York tem muitas atrações e eu recomendo visitar o site Gold Star para conseguir descontos especiais em algumas delas. Essa semana, por exemplo, tem ingressos para o Discovery Times Square com desconto e também para a exposição de orquídeas no New York Botanical Garden, entre outras diversos eventos, shows e espetáculos. É uma espécie de Groupon – que aceita cartões do Brasil (o Groupon daqui não aceita!).

10. Os jornais do metrô – de segunda à sexta, em praticamente todas as estações de metrô, você vai encontrar as edições do AM New York e do Metro, dois jornais bem legais e gratuitos. Não deixe de folhear os exemplares todos os dias, principalmente às quintas e sextas – sempre há alguma dica bacana de algum evento ou programação especial que está rolando na cidade!

banner face


3 Comentários

Leave a Response