Blog da Laura Peruchi – Tudo sobre Nova York
NYCturismo

Visitando museus de graça em Nova York: um guia com dias e horários free!

Atualizado em 04/01/2018
Com dólar em alta ou em baixa, não importa: todo mundo gosta de economizar, não é verdade? Uma das coisas que eu admiro em cidades como Londres e Washington é o fato de você não pagar para visitar muitos museus legais. Em Nova York isso é um pouco diferente – é preciso desembolsar algumas notas para conhecer os museus. Mas, se você souber os dias e horários certos, não precisa pagar nada. Pois é! Vários museus da cidade tem entrada gratuita em datas já estabelecidas, toda semana. Não é bacana? Informação super útil! Para ajudar, fiz uma lista com os museus que têm essa política e, de quebra, incluí alguns que são sempre free e outros que você paga o que quiser!
Museum of Moving Image – fiz post sobre esse museu semana passada aqui no blog.  É o único museu do país dedicado à arte, história, técnica e tecnologia da imagem em movimento em todas as suas formas. É um ótimo lugar para os amantes do cinema e também para quem curte games. O local abrange uma gama bem vasta de assuntos, explorando todas as fases de produção, promoção e exposição que a indústria do cinema envolve. Não é um Museu grande e eu diria que uma tarde é tempo suficiente para explorar bem o local – talvez até menos que isso.
Entrada gratuita às sextas, das 16 às 20h. 
Endereço: 36-01 35 Avenue, em Astoria, região do Queens.
Você economiza: U$12,50.
MoMa – Museum of Modern Art – ainda não conheci esse museu, mas ele é um dos queridinhos de quem visita a cidade. Tem  de seis andares e é considerado o maior acervo de arte moderna do mundo, abrigando mais de 150 mil trabalhos, entre pinturas, esculturas e fotografias, além de um ampla retrospectiva sobre design. Diversos estilos de arte como o expressionismo abstrato e cubismo possuem representantes por lá.
Endereço: 11 West 53 Street.
Você economiza: U$25.
Brooklyn Museum – ótima alternativa para fugir dos museus lotados em Manhattan, o Brooklyn Museum tem um acervo caprichado. Dentre os destaques, uma coleção egípcia de 4000 peças – que inclui uma múmia preservada em seu caixão de origem. Há obras de Cézanne e Monet, além de esculturas e galerias de arte da África e Ilhas do Pacífico. O Museu ainda conta com exposições especiais periodicamente – já rolou uma sobre sapatos e outra de Jean-Paul Gaultier.
Entrada gratuita no primeiro sábado de cada mês (exceto setembro), das 17 às 23h
Endereço: 200 Eastern Pkwy.
Você economiza: U$16.
Solomon R. Guggenheim Museum – localizado ao lado leste do Central Park, o Guggenheim já chama atenção pelo design externo, sendo um dos ícones arquitetônicos mais importantes do século 20. É um museu de renome internacional, com arte moderna e contemporânea. Há várias exposições especiais. Além disso, a galeria de esculturas tem uma vista linda para o Central Park.
Entrada (quase) gratuita aos sábados,  17h45 às 19:45pm (você paga o que quiser!)
Endereço:  1071 5th Avenue.
Você economiza: U$25.
The Museum at FIT – o Fashion Institute of Technology é uma das instituições mais renomadas do mundo quando o assunto é estudar moda. Acho que pouca gente sabe, mas o FIT tem um museu de moda – cujo acesso é gratuito. Seu acervo de peças é um dos maiores do mundo e eles promovem exibições diferentes e super interessantes o ano todo! Para conferir a programação, basta acessar o site. O museu fica no próprio FIT e abre de terça a sexta, do meio-dia às 20h e aos sábados das 10 às 17. .
Entrada gratuita todos os dias!
Endereço: 27th Street com a 7 Av.
The Metropolitan Museum of Art – conhecido como Met – e com as escadarias mais famosas da televisão (hey, Gossip Girl!) – o museu fundado em 1870 é considerado um dos maiores e melhores museus de arte do planeta. Pinturas, esculturas e um autêntico templo egípcio são só algumas das coisas legais que você encontrará por lá. No verão, não deixe de subir no rooftop, tomar um drink e apreciar a vista maravilhosa do Central Park.
Entrada: o ingresso sugerido é de U$25, mas você paga o que quiser. 
Endereço: 1000, Fifth Avenue e 82nd Street.
Você economiza: menos de U$25.
ATUALIZAÇÃO: A partir do dia 1 de março de 2018, o MET passa a cobrar a tarifa cheia de U$25 por pessoa – extinguindo a política de pague o que quiser. Você pode clicar aqui para comprar o seu ingresso.
American Museum of Natural History eternizado no filme “Uma noite no museu”, é úm ótimo programa para adultos e crianças. O museu é uma das atrações turísticas mais famosas da cidade e recebe um público de mais de 4 milhões de visitantes ao ano. O acervo conta com cerca de 32 milhões de exemplares que contam a história de plantas e animais do planeta. Mas, na minha humilde opinião, o de Londres ganha em cheio desse.
Entrada: o ingresso sugerido é de U$22, mas você paga o que quiser. 
Endereço: Central Park West at 79th Street.
Você economiza: menos de U$22.
National Museum of the American Indian – um lugar muito legal para aprender mais não somente sobre a história das culturas que povoaram os EUA mas também toda a América. O acervo tem mais de 800 mil itens que pertenceram a 1200 povos americanos nos últimos 12 mil anos. Foi inaugurado em 1989 e é o primeiro do tipo dedicado à preservação, estudo e exposição da vida, língua, literatura, vida e artes dos povos americanos. Dentre os artigos em exposição, há ferramentas, artigos religiosos, roupas e outros itens que construiram a história dos povos antigos do continente americano – incluindo utensílios de origem brasileira também!
Entrada: gratuita, todos os dias. 
Endereço: 1 Bowling Green.
Bronx Museum of Arts – outra opção diferente e fora de Manhattan. Localizado no Bronx, este museu foi fundado em 1971 conta com mais de 1000 obras, incluindo artistas do século 20 e 21, baseados no Bronx ou com descendência asiática, africana ou latina.
Entrada: gratuita, todos os dias. 
Endereço: 1040 Grand Concourse, Bronx.
Staten Island Museum – um lugar para explorar a conexão dinâmica entre a ciência natural, arte e história desde 1881 – esta é a descrição do local no site no museu, que conta com exposições inovadores e um acervo artístico e científico.
Entrada gratuita: às terças, das 12h às 14h.
Endereço: 75 Stuyvesant Pl, Staten Island.
Você economiza: U$5.
Society of Illustrators – fundada em 1901, a Society of Illustrators promove o trabalho de artistas de todo o mundo por meio de eventos e exposições. Sua coleção permanente é uma das mais completas do gênero no mundo, composta por cerca de 2.000 obras de muitos dos maiores nomes da ilustração americana. Além disso, há exposições especiais periodicamente.
Entrada gratuita: às terças, das 17 às 20h.
Endereço: 128 E 63rd St 
Você economiza: U$10.
Museum of Jewish Heritage—A Living Memorial to the Holocaust – este museu explora a vida judaica antes, durante e após o genocídio nazista. A coleção permanente inclui documentários, milhares de fotos e 800 artefatos, muitos doados por sobreviventes do Holocausto e suas famílias.  Há ainda exposições especiais sobre eventos e temas históricos.
Entrada gratuita: às quartas, das 16h às 20h.
Endereço: 36 Battery Pl 
Você economiza: U$12.
Museum of Arts & Design – fundado em 1956, o museu reúne objetos contemporâneos criados com os mais diversos materiais, como madeira, metal e tecido. Desde o princípio, o museu celebrou todas as facetas de fazer e os processos criativos pelos quais materiais são transformados, a partir de técnicas tradicionais de tecnologias de ponta. O local conta com exposições que enfatizam uma abordagem interdisciplinar da arte e do design, e revelam a mão de obra por trás dos objetos e ambientes que moldam nossas vidas cotidianas. Além do acervo, há exposições especiais – está rolando uma que parece ser bem interessante, de manequins!
Entrada gratuita: às quintas, das 18 às 21h (pague o que quiser). 
Endereço: 2 Columbus Circle 
Você economiza: U$16.
New Museum of Contemporary Art – O edifício de sete andares, projetado pelo escritório de arquitetura Sejima + Nishizawa/SANA, de Tóquio, foi inaugurado em dezembro de 2007, e conta com galerias, um teatro e um café. O foco aqui é em mídias emergentes e pesquisas de importantes, mas de artistas pouco reconhecidos – que provam seus espíritos pioneiros. O museu é um dos principais destinos para nova arte e novas idéias. É o único museu de arte contemporânea dedicada de Manhattan e é respeitado internacionalmente pela ousadia e escopo global do seu programa curatorial.
Entrada gratuita: às quintas, das 19 às 21h (pague o que quiser). 
Endereço: 235 Bowery.
Você economiza: U$16.
New York Hall of Science – conta com 450 exposições, demonstrações, workshops e atividades participativas que explicam ciência, tecnologia, engenharia e matemática. O local garante uma experiência educativa onde você pode matar sua curiosidade e estimular sua criatividade. O NYSCI foi fundado em 1964-1965  e se transformou em centro de ciências interativo de Nova York, que recebe  meio milhão de estudantes, professores e famílias a cada ano.
Entrada gratuita: às sextas, das 14 às 17h; aos domingos, das 10 às 11h.
Endereço:  47-01 111th St., Corona, Queens.
Você economiza: U$15.
Queens County Farm Museum – a fazenda de 1697 ocupa a maior extensão de terra “livre” de New York City. Tem 47 hectares e tem construções antigas, veículos e implementos agrícolas, campos de plantio, um pomar e um jardim de ervas, além dos animais de fazenda. Além da aventura, dá pra comprar legumes, vinhos e carnes – os mesmos que são vendidos às sextas na Union Square.
Entrada gratuita: todos os dias. 
Endereço:  73-50 Little Neck Pkwy, Queens (é afastado, mas dá pra chegar de ônibus). 
Muito legal, né? Escrevendo o post, já fiquei com vontade de conhecer vários desses lugares! Vou contando à medida que for visitando, tá?

5 Comentários

  1. pelo que entendi o MET e o de historia Natural todos os dias eu posso pagar o quanto quiser??????? nao tem um dia exato????

  2. Laura, parabéns pelo blog, suas dicas são ótimas e estão sendo muito essenciais para o planejamento da minha viajem. Gostaria de saber como eu faço para ” pagar o que eu quiser ” nas entradas dos museus, é só chegar na bilheteria e falar por exemplo ” quero para 5 dolares por esse ingresso !!” ? E com isso eles já iram me entender ? Vc já testou essa experiencia ?
    Uma outra pergunta fugindo do assunto, eu vou dia 25 de dezembro deste ano e retorno dia 4 de janeiro, essa época do ano está muito frio ai ?

Leave a Response