Vida Noturna

5 lugares para curtir jazz em Nova York

Se você procura um programa clássico em Nova York, anote aí: jazz! O ritmo é tradição não só em Nova York, mas nos Estados Unidos e eu acho que é o tipo de programa que acaba acrescentando aquele toque diferente ao seu roteiro – principalmente se você gosta de música! Há vários locais para escutar jazz na cidade e hoje reúno alguns neste post – o bom é que tem para todos os bolsos!

Jazz at Lincoln – No Columbus Circle, há o Jazz at Lincoln, que conta com várias salas e muitas apresentações de jazz, em vários dias da semana. A programação é intensa e o lugar é um clássico. A dica? Escolha um show na Appel Room.  O motivo? A vista incrível para o Central Park.  O preço varia – a partir de U$35 e vale cada centavo. Ah, e quanto ao dress code? Não vi ninguém super montado lá, mas vale deixar o look esportivo de lado. Veja o calendário no site.

Outra dica: vale espiar também as promos no site GoldStar

Endereço: 10 Columbus Cir.

Fat Cat – O Fat Cat é um bar e conta com várias mesas de jogos, como sinuca e pingue pongue, o que torna a sua experiência por lá bem diferenciada. São 10 mesas de pingue-pongue e 10 de sinuca, além de outros jogos. Há uma cobrança para jogar – em média, U$6 por pessoa. Todos os valores estão aqui.Outro destaque do Fat Cat – o principal, eu diria – são as performances de jazz ao vivo. Todas as noites, há um músico ou banda se apresentando. O local acaba sendo bem diferenciado, porque oferece música de qualidade num ambiente super descolado, frequentado por pessoas de todos estilos. É verdade que a maioria do público era bem jovem, mas o bar é bem despojado e não tem como você não se sentir à vontade. Diria que é um ótimo lugar para conhecer pessoas e também para ir em uma turma. Vale lembrar que como em qualquer bar na cidade, só é permitido a entrada de maiores de 21 anos – mediante apresentação de ID.

O Fat Cat abre de segunda a quinta, a partir das 14 horas, e de sexta a domingo, a partir das 17 horas. Para entrada depois das 18horas, é cobrado um valor de U$3 por pessoa. O preço também é ótimo: as cervejas custam em média U$6 e tem snacks como amendoin e chips por U$3.

Endereço: 75 Christopher Street.

Minton’s Playhouse – O Minton’s é um local super antigo e e famoso no Harlem – foi fundado em 1938 pelo saxofonista Henry Milton. Carmen McRea, Billy Eckstine, Erroll Garner, Gene Krupa, Miles Davis, Art Tatum, Bill Evans e Art Blakey são alguns dos nomes de músicos importantes que já passaram por lá. O Minton’s não tem uma estrutura muito grande. Diria que é bem intimista – e também perfeito para quem busca por um local mais romântico. Tem um bar logo na entrada, depois as mesas e, aos fundos, o palco. A entrada custa U$10 de domingo a quarta e U$15 de quinta a sábado mais consumação de dois drinks, pelo menos. Aos domingos, durante o brunch, não é cobrado ingresso, mas é exigido a consumação de dois itens por pessoa (um drink e um prato, por exemplo).

O Minton’s abre de segunda a quarta, das 18 às 0h, de quinta a sábado, das 18 à 1h e domingos das 12 à 0h. Confira o calendário no site. Clique aqui e confira um post completo.  

Endereço: 206 West 118th Street.

Red Rooster – é um restaurante especializado em culinária do sul dos Estados Unidos – ou Soul Food. O ambiente é uma delícia – você pode escolher uma mesa dentro e aproveitar o clima badalado que o local ganha com o som de jazz ao vivo, ou sentar na parte de fora, se o clima permitir, e acompanhar o movimento da rua. Eu recomendaria fazer reserva para o brunch, num sábado ou domingo, com música ao vivo, é imperdível! O preço dos pratos principais varia de U$18 a U$37. Você pode ver o calendário de performances aqui. Há músicos ao vivo e DJs todos os dias e não é necessário ingressos!

No “porão” do Red Rooster, fica o Ginny’s Supper Club, um bar speakeasy que também conta com performances. Saiba mais no site. 

Endereço: 310 Lenox Avenue.

Paris Blues –  esse bar é outro clássico do Harlem. Abriu em  1969 e está sob a mesma direção até hoje. Você não paga nada para entrar – mas é preciso consumir duas cervejas ou dois drinks. O lugar é simples e a música é ótima. Além disso, tem comida grátis – frango e arroz. O Paris Blues abre todos os dias, do meio-dia às 3 da manhã e tem programação musical todos os dias – confira o calendário. Lembre-se que é um bar e vale a dica da maioridade também.

Assista ao vídeo do Amigo Gringo sobre o bar.

Endereço: 163 W 121st St.

 

 


3 Comentários

  1. Olá Laura!!
    Suas dicas são incríveis. Obrigada!!
    Estou viajando com meu filho de 16 para NY na próxima semana e estava em minha programação assistir a um show de jazz.
    Pelo que entendi, ele não entra em nenhum. Certo?
    Obrigada!!
    Abraço.

Leave a Response