Primavera no Brooklyn Botanical Garden!

Sábado finalmente fomos conhecer o Jardim Botânico do Brooklyn. Acompanhei pelo site o status das Cherry Blosson – as árvores florescem, geralmente, em meados de abril e duram em torno de 15 – 20 dias floridas. Ou seja, é bem rápido. No sábado retrasado, inclusive, rolou o festival por lá, para comemorar a chegada dessas flores, mas como estávamos em Chicago não deu pra conferir. Mas, ainda bem, neste último sábado, elas ainda estavam lá, lindas, rosas, encantadoras – e, pra completar, fez um dia lindo de sol e céu azul. 
A área das Cherry Blossom é a mais disputada e lotada. Todo mundo quer garantir um clique com elas ao fundo. Também, não precisa explicar muito o motivo né? Eu ficaria a manhã toda só tirando fotos delas. São tantas e tão floridas que formam uma espécie de túnel. Mas, tá. Nem só de Cherry Blossom vive o Jardim Botânico do Brooklyn. São mais de 12 mil espécies, num espaço anexo ao Prospect Park (como o Central Park do Brooklyn), com muito espaço verde e flores lindas.
Dentre os destaques, um museu de Bonsai, aquelas árvores em versões miniaturas, algumas com até 60 anos. Uma mais lindinha que a outra. Tem também uma área de plantas nativas, que ainda não estavam totalmente verdinhas, mas imagino que fique como uma florestinha mais fechada. E, claro, como bom jardim botânico que se preze, tudo devidamente identificado com plaquinhas 
Depois das Cherry Blossom, uma das partes que mais amei foram os jardins de tulipa. Tulipas são flores que realmente me fazem suspirar, não sei se é por causa da perfeição surreal, se é por elas não existirem no Brasil. Não sei. Só sei que amo e lá no Jardim Botânico do Brooklyn tem tulipas de todas as cores possíveis. Outro jardim que deve ser lindo é o Rose Garden, mas as flores ainda não apareceram. Ou seja, tem flores em várias épocas do ano – não fique triste se vai perder a temporada de Cherry Blossom. Dá pra conferir as previsões aqui.
Outro jardim sensacional é o Jardim Japonês. Encantador caminhar ao redor do lago, passando por baixo das árvores floridas e sentindo a brisa fresca. Sinceramente, dá pra passar um dia tranquilo lá no Jardim Botânico do Brooklyn sem perceber o tempo passar. Acho que é uma parada super obrigatória para quem vem pra cá durante a temporada primavera/verão. 
A entrada é gratuita aos sábados das 10 ao meio-dia (exceto quando há eventos especiais). Às terças, também não se paga nada para entrar. Nos outros dias, o ticket custa U$12 (adultos) e U$6 para idosos acima de 65 anos e estudantes com ID válida. Crianças de até 12 anos não pagam. 

De março a outubro, o Jardim abre de terça a sexta, das 8 às 18 e sábados e domingos das 10 às 18h. De novembro a fevereiro, o horário é das 8 às 16h30 de terça a sexta e das 10h às 16h30 aos sábados e domingos.  Ah, vale lembrar que o Jardim Botânico do Brooklyn fica bem ao ladinho do Brooklyn Museum. Para chegar lá, use as linhas 2, 3, 4 ou 5 e desça na estação Franklin Av. 
Author

One comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *