Blog da Laura Peruchi – Tudo sobre Nova York
viagem

Um roteiro pelo Sul da França: 2 dias em Provence

Tenho certeza de que a maioria de nós tem uma lista de viagens dos sonhos – daqueles lugares que a gente quer muito visitar. Posso dizer que já risquei alguns lugares da minha lista – como Paris, por exemplo – mas claro, minha lista inclui outros lugares. Visitar os campos de lavanda em Provence era um deles. Eu pude ter um “gostinho” há alguns anos, quando visitei uma fazenda de lavanda em Long Island – mas eu queria mesmo ver as originais. Como minha irmã mora em Paris – e a França abriu as fronteiras para os EUA recentemente – decidi visitá-la (não nos víamos desde outubro de 2019) e incluí uma curta viagem ao sul da França para poder, enfim, ver de perto os campos de lavanda. Mas tenho que dizer: há muito mais para se ver e fazer na área! Nesse post, vou compartilhar tudo o que fizemos e eu espero que gostem deste roteiro de 2 dias em Provence!

Onde fica Provence?

Provence é uma região no sudeste da França que faz fronteira com a Itália e o Mar Mediterrâneo. A área é conhecida por suas paisagens diversas, dos Alpes do Sul aos vinhedos, oliveiras, florestas de pinheiros e, claro, os campos de lavanda, além de cidades muito bonitas.

Como chegar em Provence?

Você pode incluir Provence em seu itinerário ao visitar Paris (se tiver tempo, é claro!). A Ouigo, empresa francesa de trem de alta velocidade no estilo low-cost, oferece rotas de longa distância, incluindo cidades em Provence. Em Paris, os trens partem da estação Gare de Lyon (acessível através do trem RER). De lá pegamos um trem para Aix-en-Provence. A viagem dura cerca de 3 horas e embora os trens da Ouigo sejam low cost, devo dizer que a viagem foi boa e o trem era confortável. Os trens têm banheiro e você precisa pagar uma taxa extra se precisar armazenar malas grandes (que não cabem em cima ou embaixo dos assentos). Os nossos bilhetes ficaram em torno de  75 € (ida e volta) por pessoa, o que achei bastante razoável na minha opinião! Claro, lembre que os preços variam dependendo do dia e da hora!

Em Aix-en-Provence, pegamos um carro – reservamos com antecedência. Alugar um carro é obrigatório para explorar a área! Existem algumas empresas de aluguel de carros e todas elas estão localizadas junto à estação do trem – basta seguir as indicações. Como a gente sabe, os preços também variam. Gastamos cerca de 170 € mais gasolina e pedágios.

Onde ficar em Provence

Provença tem muitas cidadezinhas e eu diria que você deve escolher onde se hospedar com base no seu itinerário. Você vai encontrar hotéis e também apartamentos no Airbnb e no Booking. Alugamos um apartamento no Booking localizado na cidade Apt e foi perfeito para nós (eu, minha irmã e meu cunhado). Este apartamento tinha 2 quartos, um terraço, cozinha e fica localizado em uma área bem central de Apt, com mercadinhos, padarias, restaurantes e estacionamento nas proximidades. A única coisa que não gostamos é o fato de que o segundo quarto fica no “sótão” e não havia ar-condicionado no quarto, então ficava muito quente. Então, se você for para um casal, tudo bem, porque você pode usar o quarto principal, com ar condicionado. O verão no sul da França pode ser muito quente e a última coisa que você quer é derreter enquanto dorme, certo?

Todos os lugares que visitamos durante a nossa viagem ficavam a não mais que uma hora do lugar onde ficamos! Agora, vou listar todas as cidades e lugares que visitamos!

  • Para referência: saímos de Paris numa segunda-feira, por volta das 14h30, e chegamos ao apartamento em Apt por volta das 19h30. Voltamos para Paris na quarta-feira, nosso trem partiu às 17h30.

Gordes

Gordes é uma das mais belas cidadezinhas da região, no topo de uma colina em Provence, com vistas deslumbrantes. Infelizmente, não tivemos muito tempo para explorar a cidade – nossa ideia era caminhar durante o pôr do sol e depois ir  jantar (tínhamos reserva), mas o check-in em Apt demorou um pouco mais do que esperávamos . Assim, fomos direto para o restaurante – mas paramos em um miradouro para ver a cidade e a vista era de tirar o fôlego! Se você visitar Gordes, não deixe de passar  lá durante o pôr do sol (e lembre-se de que o pôr do sol de verão acontece por volta das 21h30!). Para chegar ao local, basta digitar “Town View Point Gordes” no Google Maps (também coloquei no mapa ao final do post!). Há estacionamento ao redor.

Depois do pôr do sol, jantamos no La Bastide de Pierres, um restaurante italiano em Gordes. Localizado no coração da vila, de frente para o Castelo, este restaurante é uma instituição desde 1820. Junto com massas e pizzas napolitanas você também pode saborear os pratos favoritos do Chef, como Vitello alla Milanese e Scialatielli com Lagosta. Os atendentes foram muito simpáticos e a comida era boa – não era a melhor do mundo, mas era saborosa! Você pode conferir o cardápio e os preços online – e sempre recomendo fazer uma reserva.

Moustiers-Sainte-Marie

Moustiers-Sainte-Marie foi provavelmente minha cidade favorita nesta viagem. Foi nossa primeira parada no dia seguinte (terça-feira). Este lugar é considerado uma das mais belas vilas da França! A área apresenta uma localização geográfica excepcional e culmina a 630 metros de altitude, tendo sido construída entre duas encostas rochosas. Além disso, esta cidade é conhecida pela lenda da estrela que brilha acima da vila. Reinterpretada pelo poeta Frédéric Mistral, a lenda conta que durante uma das cruzadas, um cavaleiro de Blacas, prisioneiro dos sarracenos, fez um desejo: se o futuro o permitisse voltar à sua aldeia, prometeu colocar uma estrela e sua corrente no alto em homenagem a Santa Maria. A verdadeira história desta estrela permanece um mistério e existem muitas versões diferentes, mas nenhuma nunca foi checada. A estrela que hoje paira sobre a cidade é a décima primeira de sua história. (com informações de Avignon-et-Provence).

Tenho certeza que ao passear por esta cidade você vai tirar uma foto a cada esquina, pois ela é simplesmente linda! Fizemos algumas coisas por lá e aqui estão minhas recomendações:

  • Restaurante Les Tables Du Cloitre – certifique-se de verificar o horário de funcionamento dos restaurantes, pois é comum que alguns fechem entre o almoço e o jantar. Almoçamos neste restaurante porque provavelmente era o único que estava aberto para um almoço mais tarde – e eu definitivamente recomendo. Todos nós pedimos saladas e elas estavam deliciosas!
  • Sorvete / gelatto – você vai ver muitos lugares que vendem os autênticos gelatos italianos e como estamos falando de Provence a minha dica é: Sorvete de Lavanda! Mas, não se preocupe, existem muitos outros sabores.
  • Produtos de lavanda – por que né? Você verá muitas lojinhas vendendo produtos de lavanda, como sabonetes, óleos essenciais e muito mais! Os preços são bons – normalmente você pode comprar 5 sabonetes por 10 €. Nem preciso falar do cheiro né?

Gorges du Verdon

Não muito longe de Moustiers-Sainte-Marie – cerca de 10 minutos de carro – fica Gorges du Verdon. É o desfiladeiro mais profundo da França e uma visita obrigatória na região. A água é tão azul – não dá pra acreditar. Fiquei impressionada – e, com os campos de lavanda, foi o lugar mais lindo dessa curta viagem! Você pode trazer algo para sentar no chão e relaxar – como se estivesse numa praia (sim, pode entrar na água!) – ou pode alugar um pedalinho (20 € por hora) e explorar o lago. Alugamos um por uma hora e meia e foi espetacular!

Campos de lavanda

Ao chegar em Provence, você verá muitos campos de lavanda. Mesmo quando ainda estávamos no trem, pude ver alguns! E quando estávamos dirigindo de uma cidade para outra, passamos por dezenas de campos de lavanda. Mas, claro, você quer ter as melhores memórias, certo? Então, aqui estão as minhas recomendações:

  • Parece óbvio, mas é bom lembrar: há uma época específica para ver os campos de lavanda e vai de meados de junho a meados de julho, quando a floração está no auge;
  • Escolhemos nossos spots seguindo algumas dicas deste blog. Você encontrará os locais exatos no Google Maps – spoiler: os campos perto de Valensole são lindos!
  • Você não precisa pagar nada para acessar os campos de lavanda – mas fique atento se vir alguma placa proibindo o acesso, caso contrário, é ok. Não é difícil encontrar um lugar para estacionar o carro. E, claro, seja cuidadoso e respeitoso;
  • Se você visitar os campos durante o dia, verá – e ouvirá! – muitas abelhas. Elas estão trabalhando. Eu sei, assusta, mas não acontece nada. As pessoas literalmente caminham pelos campos com as abelhas e é seguro, porque elas estão ali fazendo o trabalho delas.
  • A melhor hora para tirar fotos, claro, é no final do dia – ou de manhã cedo. A luz é terrível ao meio-dia!
  • Aprecie. É realmente muito bonito! E cheiroso! Um sonho!

Aqui vão alguns dos cliques:

Saignon

No nosso último dia (quarta-feira), visitamos duas cidades em Provence antes de ir para Aix-en-Provence devolver o carro e pegar o trem de volta para Paris. A primeira foi Saigon, fica bem pertinho de Apt e é super charmosa. Fizemos uma reserva para o almoço e antes paramos no campo de lavanda que vocês podem ver na foto abaixo. Deu pra ver que a cidade está atrás de mim? Outro local incrível para fotos!

Saigon é muito muito pequena – mas vale a pena! Você definitivamente tem que caminhar pelas ruas e visitar a Pedra de Bellevue (provavelmente é o ponto mais alto da cidade e você pode ver os campos e outras cidades de lá). Para almoço ou jantar, eu definitivamente recomendo UN JARDIN SUR LE TOIT. Esse restaurante é super charmoso, com vista linda e um cardápio de culinária francesa moderna. Se encontrar no cardápio, peça o Fettuccini Mamma Lucia, com molho de trufas. Me agradeça depois. É definitivamente a melhor massa de trufas que experimentei – o meu cunhado pediu este prato e eu me arrependo até agora de não ter pedido também!

Roussillon

A última cidade que visitamos foi Roussillon. Localizada em um dos maiores depósitos de ocre do mundo, a vila é famosa por suas magníficas falésias vermelhas e pedreiras de ocre. A terra tem tons de vermelho, amarelo e marrom – e é conhecida como o Colorado francês. Não passamos muito tempo lá, mas caminhamos pelas ruas estreitas, tomamos sorvete e também fizemos algumas compras – definitivamente recomendo parar na loja 1830 se você é um fã de azeites, pastinhas e temperos! Eles têm azeites premiados e vários outros produtos! Não tivemos tempo suficiente, mas há uma trilha com excelentes vistas chamada Le Sentier des Ocres.

Algumas dicas finais

  • Certifique-se de ter dinheiro em espécie – para pagar os estacionamentos ou para usar banheiro (sim, você leu certo!);
  • Verifique o clima – mas lembre-se que o verão no Sul é quente, então traga roupas leves e sapatos confortáveis!
  • Faça reservas para almoço e jantar, é melhor prevenir do que remediar!

E é isso! Não sei se pareceu muita coisa, mas posso garantir que fizemos tudo sem pressa e que pudemos apreciar cada momento! Provence superou todas as minhas expectativas e honestamente? Mal posso esperar para voltar! Espero que tenham gostado das minhas dicas! Você já foi pra lá? 


1 comentário

  1. Oi Laura! Adorei seu roteiro! Eu também tenho esse sonho de caminhar pelos canteiros de lavanda. Assim que passar essas restrições pois sou brasileira e moro no Brasil vou fazer essa viagem e vou seguir suas dicas. Bjs Eliane

Leave a Response