Blog da Laura Peruchi – Tudo sobre Nova York
lifestyleserviços

7 brasileiros em Nova York com histórias que inspiram

Todo mundo tem uma história. E toda história pode inspirar alguém. Eu, particularmente, amo histórias de imigrantes – elas sempre trazem um gostinho especial, uma dose extra de inspiração, afinal, são histórias construídas longe de casa, longe do país de origem, longe de tudo aquilo que é familiar. Há muitos brasileiros que fizeram acontecer no exterior e hoje eu queria apresentar alguns deles e contar um pouquinho da trajetória inspiradora de cada um deles:

 

Ver essa foto no Instagram

 

If the 👠 fits, eat it 🎂!!! #sweetcornernyc #cake #3dcake #louisvuitton #fashion#boots #highheels #cakegoals #nyc #nyfw

Uma publicação compartilhada por Sweet Corner Bakeshop (@sweetcornernyc) em

Rodolfo Gonçalves, da Sweet Corner, bakery famosa no West Village – Rodolfo nasceu em São Paulo e, em 2004, quando o Brasil ainda fazia parte da loteria de Green Card para os Estados Unidos, ele foi contemplado e mudou-se para Nova York. Rodolfo era da área de tecnologia e sua história em NYC começou a mudar em 2009, quando ele e sua esposa Patricia começaram a fazer bolos no apartamento onde viviam em Astoria, para família e amigos. O hobby fez tanto sucesso que mais pessoas começaram a perguntar sobre o trabalho e a demanda cresceu rápido. Em 2011, depois de ser incentivado por um de seus clientes, Rodolfo participou de um concurso da Brides Magazine e seu bolo foi eleito um dos mais bonitos do país.  Mais tarde, uma das clientes, Priscilla de Barros, foi quem trouxe a ideia de abrir uma bakery. Ela investiu no negócio e foi então que nasceu a sociedade dos dois. O Sea Salt Chocolate Cookie já foi eleito como o melhor cookie de NY e Rodolfo continua a exercitar sua criatividade em bolos incríveis!

Você sabia?

Hoje, o Brasil não faz mais parte do programa de loteria de Green Cards. Mas, se você tem o sonho de morar nos EUA, isso não precisa ser motivo para você desistir dele. Isso porque há várias maneiras de imigrar pra cá e no final do post eu falo mais sobre isso!

A Sweet Corner anunciou o fim de suas atividades por conta do COVID-19, como aconteceu com muitas empresas. Mesmo assim, a história do Rodolfo continua sendo inspiradora!

 

Ver essa foto no Instagram

 

Talking about career, motherhood, shoes, how networking is key and other things with @ilove.e – go to stories to read the article.

Uma publicação compartilhada por Marina Larroude (@marinalarroude) em

Marina Larroude – head da Schutz nos EUA – Comecei a seguir a Marina depois que a Camila Coutinho e a Vic Ceridono a entrevistaram aqui em Nova York.  Marina começou na Vogue Brasil e  desembarcou em Nova York, em 2003, quando o seu  marido conseguiu um emprego no mercado financeiro. Acho que é por isso que a história dela me marcou tanto – por conta do lugar de Marina na equação de uma mudança para fora do país: acompanhando o marido. Nesse tempo todo morando fora, sempre observei o quanto acaba sendo mais difícil para a mulher que acompanha o cônjuge se encaixar no mercado de trabalho daquele lugar. Mas Marina foi além. Um dia, ao sair de seu prédio, ela viu um convite da Dior endereçado para uma vizinha. Ela googlou o nome da mulher, descobriu que a mesma trabalhava no site Style.com e mandou seu currículo com flores. Um mês depois, ela foi convidada para um trabalho freelancer e acabou ficando por lá por 9 anos. Competência, cara de pau, acaso e sorte. Achei isso tão incrível e inspirador sabe? Do tipo: a gente tem que dar a cara a tapa! Depois, Marina foi para Teen Vogue trabalhar como diretora de moda. Em 2017, ela assumiu como diretora de moda do departamento feminino da Barneys, uma das lojas de departamento de luxo mais icônicas da cidade. Em 2019, ela se tornou head da Schutz em território norte-americano, cargo que ocupou por cerca de um ano.

Petisco Brazuca – salgadinhos brasileiros – muitos brasileiros apostam no mercado de quitutes no exterior – mas talvez nenhum tenha alcançado o sucesso do Petisco Brazuca. Ricardo e Vanessa começaram a empresa na cozinha de um apartamento no East Harlem. Eu tive o prazer de conhecer os dois já e a veia empreendedora e estratégia do Ricardo é inspiradora. O carro-chefe é a coxinha, que ganhou versões como espinafre, queijo, calabresa e doce de leite. A empresa, que começou com delivery e serviço para eventos, conquistou os americanos – que representam 50% do público. Em 2018, ano que o casal inaugurou sua primeira loja, no Brooklyn, o Petisco Brazuca faturou US$ 550 mil. Ano passado, a marca fez história ao entrar para a Smorgasburg, a feira de comida de rua mais famosa da cidade.


Ingrid Silva – bailarina e ativista –  Ingrid nasceu no Rio de Janeiro, Brasil. Aos 8 anos, iniciou seu treinamento de balé no Dançando Para Não Dançar, um projeto social na favela da Mangueira. Alguns anos depois, ela ingressou na Escola de Dança Maria Olenewa e no Centro de Movimento Debora Colker com uma bolsa integral. Aos 17 anos, ela também foi aprendiz do Grupo Corpo, uma das mais prestigiadas companhias de dança brasileiras. Após o colegial, Ingrid começou seus estudos no Centro Universitário da Cidade (Univercidade), mas logo se mudou para Nova York para assistir ao Dance Theatre of Harlem Summer, em 2007, com uma bolsa integral. Logo depois, ela foi convidada a participar do Programa de Treinamento Profissional Dance Theatre Of Harlem. Ingrid fez parte do Dance Theatre Of Harlem do Dancing Through Barries Ensemble em 2008, o que a levou a oportunidade de ingressar no Dance Theatre of Harlem como profissional em 2013. Atualmente, está na 7ª temporada da empresa. Além do talento na dança, Ingrid também tem um papel presente na internet e na sociedade como ativista. Em 2017, ela fundou a EmpowHer New York, uma plataforma colaborativa criada para compartilhar histórias e dar voz a mulheres reais, determinadas a atingir seus objetivos, apesar dos desafios que enfrentam. Além do perfil no Instagram, a plataforma também promove eventos na cidade para conectar e inspirar mulheres.

Layana Aguilar – estilista –  Layana cresceu no interior de Minas Gerais e, apesar de sempre sonhar em ser bailarina, o gosto pela moda já estava lá, pois ela adorava se vestir diferente e customizar as próprias roupas, as da mãe e as da irmã. Quando sua família se mudou para Connecticut, ela começou a visitar Nova York e se encantou pelo estilo nas ruas da cidade. Na hora de decidir pela faculdade, ela escolheu o Fashion Institute of Technology e, enquanto estudava, ela fez estágios em locais como Marchesa e Oscar de La Renta. Layana ainda participou da temporada 11 Project Runway, em 2013, um reality show de moda super famoso aqui nos EUA. Em fevereiro de 2016, a Disney procurou Layana Aguilar para projetar o vestido de  sua primeira princesa latina, “Elena of Avalor”.

Marivaldo Santos – do elenco de Stomp! – Stomp! é uma performance Off Broadway, na qual músicos e atores criam melodias frenéticas usando instrumentos não convencionais, como isqueiros, latas de lixo e até vassouras. É um clássico da cidade – está em cartaz desde 1994, ou seja, há mais de 20 anos! Marivaldo Santos é o único brasileiro no elenco. De Salvador, Bahia, ele é compositor, músico, percussionista e produtor, e tocou e contribuiu para alguns dos artistas mais reconhecidos, como o lendário Sting, The Fugees, Lauryn Hill, Wyclef Jean, Pras, Joshua Bell, Bill Frisell, Steve Coleman, Eliane. Elias, Ivete Sangalo, Daniela Mercury, Margareth Menezes. Além do talento artístico, Marivaldo é  fundador do Quabales, um projeto de educação social com sede em Salvador, que promove a inclusão através da música e da arte, que tem Ivete Sangalo como madrinha.

Tania Menai – jornalista – Tania mora em Nova York há mais de 20 anos Trabalhou no The Wall Street Journal Americas e também foi correspondente nos EUA e colaboradora das revistas mais importantes do Brasil, incluindo Veja, Exame e Piauí. Escrevi blogs, colunas, trabalhei para rádio e TV.  Já recebeu o Prêmio Abril e já entrevistou Steven Spielberg, Rudolph Giuliani, Shimon Peres, Umberto Eco, Larry King, Kurt Masur, Carlos Santana, Gael García Bernal, Adrien Brody, além de vencedores do Prêmio Nobel e CEOs de grandes corporações. Decidi incluir Tania nesta lista muito principalmente pelo seu trabalho no livro Nova York – do Oiapoque ao Chuí. Depois de viver anos em Nova York trabalhando como jornalista, Tania sentia que a mídia não dava muito espaço às histórias de imigrantes brasileiros. O que saía em jornais ou revistas eram casos extremos – ou de um fulano que ficou milionário, ou de um beltrano que foi deportado. Mas… e o cotidiano desses brasileiros? O que lhes fazem deixar a casa, o cafezinho e a comida da mãe para enfrentar a cidade mais competitiva do mundo? Quais são seus maiores desafios? O que Nova York lhes ensinou? Ela foi atrás destas respostas buscando “personagens” pela cidade e as 23 entrevistas viraram um livro inspirador que prova o que falei lá no começo: todo mundo tem uma história.

E você? Também sonha em construir a sua história nos Estados Unidos?

Muita gente que acompanha o meu trabalho aqui no blog ou lá no canal no Youtube sonha em morar nos EUA. São dezenas de mensagens de pessoas que compartilham comigo a vontade de voar mais alto, de realizar sonhos, de viver algo diferente, de tentar uma vida nova. E todas essas pessoas cujas histórias dividi aqui chegaram nos EUA de maneiras diferentes, sabiam? Essa é a boa notícia: há vários caminhos para uma pessoa imigrar pra cá.  Uma delas é através do EB2 – que é um caminho direto ao Green Card destinado para profissionais acima da média. Para vocês entenderem melhor, nos EUA um profissional com bacharelado + pelo menos 5 anos de experiência em sua área, pode ser considerado um profissional acima da média.

A verdade é que talvez você seja elegível e nem saiba disso, já pensou? Quando a gente fala em imigração para os EUA, há alguns vistos mais conhecidos, porém, eles não são os únicos. Portanto, se você tem esse sonho de investir numa carreira e numa vida nos EUA, o melhor caminho é consultar profissionais especialistas nesse assunto. A D4U USA LAW GROUP é uma empresa especializada em processos imigratórios, com expertise em vistos para profissionais e vistos para investimentos e eles podem analisar o seu currículo gratuitamente para identificar sua elegibilidade. Entre em contato por meio do e-mail atendimento@d4uusa.com e envie seu currículo.

Quer saber mais a respeito? Confira um post completo aqui no blog!

Este post foi patrocinado pela D4U USA LAW GROUP.

Leave a Response