HI Hostel

$50.00

Situado num prédio histórico espetacular, conta com o maior pátio privado ao ar livre em Manhattan. Localizado no Upper West Side, não está longe do Museu Americano de História Natural e do Lincoln Center. Todos os quartos são dormitórios mistos ou somente feminino/masculino que foram renovados recentemente. Contam com aquecimento e ar condicionado, dependendo da época, com roupa de cama e toalhas gratuitas em cada cama. Você pode proteger seus objetos de valor e bagagem nos armários à mão – lembre-se de trazer seu próprio cadeado. A recepção está aberta 24 horas por dia, 7 dias por semana. Além de atividades gratuitas todas as noites, você pode participar de festividades regulares – celebraremos tudo de 4 de julho a Ano novo. Há computadores públicos e serviço de lavanderia.

Endereço: 891 Amsterdam Avenue. – próximo às linhas 1, B e C.

Categoria:

O que os leitores do blog dizem:

“Chegamos às 8 da manhã e, mesmo o o check-in sendo só às 15 horas, conseguimos fazer o check-in e subir para os quartos. Recebemos um cartão que funcionava como chave do quarto e instalações do hostel e uma toalha para banho (que poderia ser trocada quando fosse preciso). Todos os funcionários foram super simpáticos e receptivos conosco. Nosso quarto era de 12 meninas, porém, quando chegamos no quarto só tinham 3 e, com o passar dos dias, o quarto foi ficando um pouco mais cheio. Todas as camas possuíam plug de tomada e uma luz individual, além de um locker gigante para colocar a mala e pertences e os quartos possuíam aquecedor que funcionava muito bem! A internet era muito boa, funcionava em todas as áreas do hostel, principalmente nos quartos. O banheiro, minha principal preocupação, me surpreendeu pela limpeza: nunca tinha ficado em um hostel com um banheiro tão bom como o do HI. Lá, tínhamos cabines individuais para banho com divisões para se trocar (isso é essencial – já passei bastante perrengue com a roupa molhando na cabine), sanitários limpos e organizado. Toda hora alguém entrava para fazer a limpeza. A opção de quarto que eu peguei não tinha opção de café da manhã, porém alguns quartos do HI possuem. Não achei que fosse tão essencial, pois no hostel tínhamos uma espécie de cantina que vendia algumas opções para café da manhã/almoço/jantar e uma cozinha gigante e bem equipada, além de uma deli em frente ao hostel e um Starbucks na área, além de opções bacanas de café no Upper West Side. Foi uma experiência muito interessante, um dos melhores hostels que já fiquei por aí. O prédio é gigante e possui várias áreas de convivência, salão de jogos, sala de TV, cozinha, etc. Vale super a pena! É um hostel muito completo e gigante, com muitas área de convivência para seus hóspedes. Sempre realizam “Welcome parties” visando essa troca de experiência entre as pessoas. Ele atendeu todas as minhas necessidades durante a viagem.” (Carolina Martins)

“Minhas preocupações eram: segurança, boa localização e atividades do hostel (visita guiada, tour, passeios e, mais importante, pub crawls haha). As instalações são absurdas: é o maior hostel que já estive na minha vida. É um prédio enorme, cheio de espaço, super dividido, muito organizado, limpíssimo e seguro. Por ele ser tão grande, também o torna um pouco impessoal: euestou acostumada com hostel europeu, onde você conhece todo mundo e, nesse, mal dava para se acostumar com as pessoas do teu próprio quarto. Dividi o quarto com mais 5 meninas, mas nem sempre estavam as 5 lá. A internet era maravilhosa e funcionava em todos os pontos do hostel. Eram 3 beliches, cada um tinha sua luz própria com duas saídas de tomada. Era possível trocar a roupa de banho todos os dias ou pegar mais de uma e sempre tinha cobertor extra ja pronto lá – apesar de não estar frio pros locais, todo mundo passava frio lá, mesmo com quase tudo fechado e sem ar condicionado. O meu quarto era premium, então, isso me dava direito ao café da manhã – que não era ruim, veja bem, mas não era nada demais. Era possível escolher entre duas frutas (banana ou maçã), bebida quente (café, ché ou chocolate) e algo “principal” – eu pedia o bagel com cream cheese mas lembro que havia outras opções. Ah, a gente pode receber encomendas no hostel (como Amazon) sem cobranças – isso somente a estadia do hóspede e o pacote precisa estar no nome dele.”(Silvia Goulart)

“Meu quarto era no segundo andar, tinha um banheiro muito próximo e não peguei fila nenhum dos dias. O quarto tinha 3 beliches e um locker para cada cama. O locker era bem grande, cabia uma mala média tranquilamente. Você tem que levar seu cadeado ou comprar na recepção. Eu mantinha as compras e coisas de valor dentro do locker e a mala do lado de fora sem cadeado. Não tive qualquer problema com isso! É um hostel enorme, com muitos quartos. Fiquei num quarto feminino para 6 pessoas, reservei antes de ter comprado a passagem (acho que por volta de fevereiro) já que o cancelamento era gratuito mesmo. O hostel é muito procurado. Se for em setembro, reserve com bastante antecedência – em julho não tinha mais vaga para o período que eu fui… O HI fica no Upper West Side, na altura da rua 103. Tem estações de três linhas de metrô próximas, sendo a linha 1 a mais próxima.”(Fabiana Storino)

“A princípio, fiquei receosa, confesso. Tenho 35 anos, sou casada e achei que hostel era lugar para a galera jovem, solteira e baladeira. Ledo engano: gostei de cara! O atendimento foi ótimo. O quarto é muito bom, espaçoso. As camas são beliches. Possuem uma mini prateleira, tomadas e luminária individuais. Há também uma proteção em volta que garante uma (pequena) sensação de privacidade. O locker cabe uma mala. Deixava a outra mala ao lado da cama, com cadeado. Era a única do quarto que fazia isso. As outras meninas deixavam tudo aberto, objetos de valor em cima da cama, celulares carregando na tomada. Tudo era muito limpo. Banheiros impecáveis. Cabines com chuveiro e um pequeno espaço para trocar de roupa. A lanchonete de lá também não deixou nada a desejar. Muitas opções de comidas prontas e bebidas. Preços ok. A cozinha é enorme, organizada. Há possibilidade de deixar alimentos na geladeira. Tudo etiquetado. A localização do hostel é muito boa, tem duas estações metrô bem perto. Em 10 minutos estava na Times. Voltei tarde da noite várias vezes. Achei seguro.” (Lorraine Amorim)