gastronomia

Tudo sobre o Time Out Market New York!

Se você é foodie como eu e viaja pra comer, provavelmente vai adorar essa novidade: Nova York ganhou um novo mercado gastronômico! O Time Out Market abriu as portas ao público oficialmente na última sexta-feira e eu não poderia deixar de compartilhar essa novidade com vocês. O mercado fica em Dumbo, uma área incrível e linda no Brooklyn, que vem ganhado cada vez mais restaurantes, lojas e atrações, dando mais motivos (como se a vista em si já não fosse suficiente) para as pessoas explorarem a região.

Antes de falar sobre o que vocês vão encontrar no mercado, é bacana explicar um pouco do conceito. Time Out é uma empresa de mídia, com portais de notícias e guias do que fazer em variadas cidades do mundo, como Nova York, Barcelona, Los Angeles, Londres, Lisboa e outras dezenas de cidades. Além disso, pelo menos aqui em Nova York, eles também publicam uma revista impressa, distribuída gratuitamente inclusive, que tem um conteúdo incrível. Amo o trabalho que a Time Out desenvolve aqui em Nova York, é impecável. São reviews, dicas, matérias: tudo para aproveitar melhor a cidade.

Em 2014, a empresa deu um passo a mais e criou o conceito do Time Out Market e Lisboa foi a cidade escolhida para sediar o primeiro mercado. Com oito bares, uma dúzia de lojas, um local de música de alta qualidade e 24 restaurantes – do melhor ponto de hambúrguer e da melhor churrascaria à mais saborosa sensação de sushi – os melhores restaurantes de Lisboa estão todos representados. Tivemos a oportunidade de conhecer o local em 2017, quando visitamos Lisboa e fiquei encantada. Por isso, estava tão animada com a abertura do mercado em Nova York.

Quer dicas de Lisboa? Confira nosso roteiro clicando aqui

O mais interessante a respeito desses locais é a curadoria, que segue uma regra simples: se é ótimo, tem lugar na revista; se for imperdível, tem lugar no mercado. Segundo o conceito, uma refeição no Time Out Market significa que você está realmente curtindo os pratos mais deliciosos da cidade, uma coleção de tudo o que você pode querer comer, beber e ver, tudo sob o mesmo teto. Além de Lisboa e Nova York, o Time Out Market também tem uma unidade em Miami e vai abrir unidades em Chicago, Boston, Montreal, Londres e Praga.

Agora, vamos ao que interessa: Time Out Market em Nova York. O local escolhido é o prédio da Empire Stores, de frente para o rio, que abriga também o Cecconi’s e o Brooklyn Historical Society. Pense no Time Out Market como uma praça de alimentação gourmet – são 21 opções de restaurantes, com opções salgadas e doces – além de um rooftop com vista incrível para a Brooklyn Bridge e o skyline da cidade.

Confira as opções:

  • Bar – há três bares no mercado e todos eles contam com um cardápio de coquetéis exclusivos feitos apenas para o mercado.
  • Fish Cheeks – especializado em frutos do mar. As ostras são simplesmente deliciosas, fresquinhas e saborosas.
  • Bessou – comfort food japonesa, com pratos além do sushi padrão. O proprietário Maiko Kyogoku, que trabalhou para o artista contemporâneo Takashi Murakami, abriu um espaço elegante em Noho para os pratos inovadores da chef Emily Yuen, muitos dos quais são inspirados nas receitas da família Kyogoku.
  • Mr. Taka – serve ramen, que é uma espécie de sopa com macarrão, legumes e carne (numa definição simples, porque é um prato saboroso!).  Takatoshi Nagara, o chef por trás do elogiado Bigiya Ramen em Tóquio, e seu amigo Takayuki Watanabe trouxeram sua aclamada sopa de macarrão japonês para o Lower East Side com a abertura do Mr. Taka em 2015.
  • Center Cut – deli judia.  O proprietário Albert Allaham, que vem de uma longa linhagem familiar de açougueiros, e que também possui um balcão de carne premium no Brooklyn, traz sua experiência para as mesas comunais. O resultado? Refeições finas koshers atendem a churrascaria clássica de uma forma que só pode acontecer em Nova York. Para o Time Out Market, o Center Cut irá fatiar os sanduíches mais suculentos de pastrami, shawarma e peru.

  • Jacob’s Pickles – esse é um restaurante famosérrimo no Upper West Side, especializado em comida do sul dos EUA: frango apimentado de Nashville, mac and cheese e picles.
  • Alta Calidad – mexicano! Com base em sua herança indígena, o chef Akhtar Nawab, se casa com os sabores de várias bandeiras para criar novos pratos empolgantes, como tacos de tinga de frango, bem como chouriço verde e roti de ovo. Segundo o Time Out, a comida do Nawab é moderna, inspirada internacionalmente e totalmente autêntica para sua história única de Nova York.
  • Pat Lafried Meat Purveyors – Se o termo açougueiro famoso existe, ele é de Pat La Frieda. Do badalado Black Label Burger na Minetta Tavern até os burgers do Shake Shack, o fornecedor local governa o país como o rei indiscutível da carne. Chefs, açougueiros e clientes recebem a sua carne vermelha com uma variedade de cortes de primeira qualidade. No Time Out Market, ele serve sua própria seleção de carnes exclusivas, como hambúrgueres de queijo, hambúrgueres e o melhor cachorro-quente do mundo. É DIVINO!

  • Felice Pasta Bar – faz parte do SA Hospitality Group, que abriu restaurantes de inspiração italiana em Nova York. O Felice Pasta Bar oferece uma diversidade de massas e molhos.
  • Breads Bagelry – o bagel é um clássico da gastronomia de Nova York e o bagel de Jerusalém da Breads Bagelry é um dos mais famosos da cidade. No Time Out Market, você vai encontrar as versões com salmão defumado, atum ou tahini em vez do habitual cream cheese.
  • Avocaderia – esse restaurante ficou famoso na cidade, já que os nova-iorquinos têm uma relação de amor com abacate – e o foco aqui são os pratos só com abacates. Torradas, sanduíches, saladas, smoothies.
  • Little Ada – o restaurante  Miss Ada é liderado pelo chef Tomer Blechman, que se baseia em seu passado israelense para agradar ao público como baba ganoush e hummus, acrescentando um toque criativo (pense em molho de berinjela com aioli de gengibre e homus de batata doce).
  • Bklyn Wild – restaurante com vibe saudável, que serve sopas e saladas. O cardápio é feito comingredientes locais que são realmente locais – como no Brooklyn.

  • Breads Bakery – especializada em babka. Babka é um pão doce, parecido com um brioche, de origem judaica do leste europeu, recheada com frutas, canela ou chocolate, enrolada e trançada. E os da Breads Bakery são considerados não apenas os melhores babkas em torno da cidade. Também oferecem croissants, strudels e biscoitos de chocolate.
  • Cookie DÖ – esse lugar chamou a atenção e critou controvérsias quando abriu, já que é especializado em massa crua de cookie – pois é! Hoje, o lugar é sucesso e também está noTime Out Market, com sabores como Nutella e manteiga de amendoim. Vou dizer: eu tinha preconceito, mas amei experimentar!
  • Loco Coco – Cofundado pelo CEO Max Alcobi, a Loco Coco é focada em deliciosos lanches à base de plantas como tigela de Açaí (com ingredientes como banana, mirtilo, hortelã e framboesa), parfait Dragonfruit (pitaya, banana, coco, baunilha e leite de amêndoa).
  • Ice & Vice – Fundada por Paul Kim e Ken Lo no Lower East Side em 2015, esse local oferece sorvetes com sabores diferentes como Pokey (merengue de cactus espinhoso e pêra) e Koala Chip (eucalipto, pimenta preta e raspas de chocolate).
  • Juliana’s – Patsy Grimaldi é o pizzaiolo por trás do Juliana’s, que tem uma das pizzas mais famosas da cidade. Não é preciso dizer mais nada, né?
  • Ivy Stark – chef que já trabalhou no Dos Caminos e Rosa Mexicano, ela traz sua expertise em comida mexicana para o Time Out Market.
  • Nur – um dos melhores chefs de Israel, Meir Adoni comanda o Nur com menu moderno do Oriente Médio e serve cuscuz que os críticos consideram um dos melhores da cidade.
  • David Burke – David Burke se destacou no River Café, ao sul da ponte do Brooklyn, e de lá se tornou uma estrela do rock mundial do mundo culinário por meio de seus restaurantes e aparições na televisão. Seu pratos são familiares e caprichosos – tanto na concepção quanto na apresentação – como “salmão pastrami” e “bacon em um varal”.
  • Clinton St. Baking Co – esse lugar tem nada mais nada menos o posto de melhores panquecas da cidade. O chef Neil Kleinberg e DeDe Lahman, co-proprietários do spot do Lower East Side, que está sempre com filas, oferecem seus itens emblemáticos de brunch.

Na quinta-feira à noite, tivemos oportunidade de conhecer o Time Out Market em primeira mão, num evento para a imprensa e saímos de lá impressionados. Provamos um pouco de tudo: burger da Pat Lafried Meat Purveyors, mac and cheese da Jacob’s Pickles, ostras do Fish Cheeks. Absolutamente tudo que provamos estava incrível, delicioso, bem preparado. Certamente, vale muito incluir no roteiro e visitar o Time Out Market se você estiver pela região.

Os preços, obviamente, variam de acordo com a sua escolha, mas as médias ficam entre U$10 e U$20, no geral. O esquema é simples: você faz o seu pedido no caixa e depois de pronto retira. Há várias mesas – algumas individuais outras coletivas.

O Time Out Market fica dentro do Empire Stores Building – 55 Water Street e abre das 11h às 23h.

 


2 Comentários

Leave a Response