Diário de viagem

Diário de viagem a Nova York – Malu Bombardelli

O Diário de Viagem é uma seção que traz relatos de leitores do blog. Nesses relatos, eles contam como foi a viagem a Nova York, o que mais gostaram de fazer, o que não gostaram, dividem dicas, enfim: um diário mesmo. A convidada de hoje é a Malu Bombardelli, do Rio de Janeiro, RJ. Ela ficou 16 dias, em março de 2019. Para conferir mais relatos, clique aqui.

Essa foi minha terceira viagem a Nova York, então nosso objetivo era totalmente diferente: já conhecíamos todos pontos turísticos e queríamos conhecer coisas diferentes. Ficamos 16 dias, vou passar algumas dicas que acredito serem mais legais:

  • Hospedagem

Na primeira parte da viagem ficamos em Long Island City, no hotel Best Western, acho super válido para quem não está indo a primeira vez, hotel localizado a uma quadra do metro e três paradas de Manhatan! Quarto grande e café da manhã farto e delicioso. Também havia uma estação de café, água, e chás 24 horas na recepção, era ótimo chegar à noite e poder desfrutar desses mimos! Excelente custo-benefício!

Clique aqui e reserve o Best Western

Na segunda parte da viagem, ficamos no Brooklyn, pois nunca havíamos rodado bastante lá, adoramos, ficamos em Airbnb e foi uma experiência maravilhosa. Nos sentimos em casa, cozinhamos, fomos ao mercado, etc.

  • Restaurantes

Ja conhecemos diversos lugar da cidade, mas aqui vão algumas dicas que se destacaram:

  • Eataly: para quem não conhece é um mercado/restaurante que tem no mundo todo, vale a pena, o mais legal de todos é o que fica em Downtoen, em frente ao Memorial de 11 de setembro, é todo em vidro o que possilita ficar sentado com uma vista muito bonita.
  • Le District: A gente amou, uma espécie de Eataly com comida francesa, sentamos em uma mesas altas e comemos uma comida maravilhosa. Também super recomendo ir no horário do happy hour, as bebidas e comidas tem desconto e o local fica cheio de gente bonita. Clique aqui e confira mais detalhes!
  • Pizza em pedaço: Conheci a Artichoke achei gostosa, e comi diversas outras também, mas a que achei mais recheada e mais curti até hoje foi a Rockys pizza, mega recheada, amei!
  • Whole foods: Ótima opção pra almoço barato e rápido, também possuem sanduíches maravilhosos. Para quem não curte self service, também possui um balcão com algumas comidas que a atendente serve.
  • Mia’s bakery: Um super achado, fica no Brooklin, lá que comi o cronut da foto. Depois de duas vezes que tentei na Dominique Ansel Bakery sem sucesso, encontrei esse lugar que além desse cronut maravilhoso possui uma vitrine de doces linda, cheia de opções gostosas e de encher os olhos.
  • Cecconis Dumbo: Vista linda, comida maravilhosa, não fizemos reserva e acabamos comendo e tomando uns drinks no balcão do bar, foi ótimo, adoramos o local e o atendimento. Clique aqui e confira mais detalhes.
  • Delicatessen: lugar lindo, música ambiente, pratos deliciosos, amamos. Comemos batata frita trufada, spring roll de hambúrguer e uma massa divina. Vá também no happy hour, podem ter certeza que vão gostar.
  • Boqueria: Também fomos na do Soho mas tem uma do lado da Times Square. Lugar espanhol com varios tapas e sangrias, também possui paella para quem quiser uma refeição completa, de sobremesa não deixe de provar os churros da casa. Super aprovado. Confira mais detalhes sobre o Boqueria!
  • Dean e de luca/Pret a manger: Esses dois tem espalhados pela cidade toda, tem ótimas opções de almoços e lanches rápidos para levar ou comer.
  • The Smith: Comida típica americana, lá comemos nossa melhor Mac’n Cheese e uma carne deliciosa!

  • Noite em Nova York:
  • Spritzenhaus: Local no Brooklyn pra sair à noite, barzinho lotado bem informal com sanduíches típicos alemães, bastante gente jovem e descolada. Clique aqui e confira um roteiro por Greenpoint, o bairro do Spritzenhaus.
  • Westlight: rooftop que fica em um hotel no Brooklyn, a vista é linda, não achamos nada demais, mas é sempre válido conhecer. Clique aqui para saber mais sobre o Westlight.
  • The Standard Plaza: Achamos lindo. Rooftop que fica nesse hotel, a vista da cidade é linda. Para ter uma ideia, você vai ao banheiro senta e tem vista do Empire State. O bar é lindo. Eles também possuem um restaurante que comemos e adoramos e um barzinho super charmoso no lado de fora com aquecedores e cadeiras com pelegos, super aconchegante.

Galera saiam no Brooklyn, Williamsburg e Greenpoint: fica lotado de gente bonita e descolada, nós nos surpreendemos! Tem varios barzinhos legais andando na rua, só entrar e se divertir!

  • Compras:
  • Achamos que o outlet não valeu a pena dessa vez, as coisas estavam caras ou mesmo preço das lojas de departamento. Só valeu a pena pelo meu marido que comprou pra caramba na Ralph Lauren e lá eram os melhores preços sem dúvida. Fora isso, invistam o tempo de vocês na Century, Marshalls, TJ Maxx, etc…
  • Roupa térmica: A melhor da vida é a legging e a blusa da Uniqlo ULTRA WARM, existem três tecnologias diferentes, eu ficava meio perdida e já tinha comprado errado. Mas essa aí não tem erro. Elas ficam em uma área dentro de caixinhas, são diferentes das demais. Saiba como comprar na Uniqlo!
  • Vitaminas: Pesquisei bastante pessoal e o melhor preço que achei foi em uma loja chamada Vitamin Shoppe, eu comprei todas cápsulas online e escolhi a unidade que queria retirar, cheguei lá e retirei rapidamente. Ainda ganhei 20% de desconto no site, fora todas as promoções que já tinha. Preço imbatível de farmácia ou qualquer outra coisa, sem falar das opções, muita coisa.
  • Toe warmers: uma espécie de adesivo que você cola na meia e deixa o seu pé quente por mais de 6 horas, vale muito a pena, na farmácia sempre estava em falta, encontrei com mais facilidade na Bad Bath and Beyond

Transporte: Metrô sempre melhor opção, e para aeroporto/hotel usamos o Lyft, foi ótimo, melhor preço, carros novos e motoristas simpáticos. Não tem erro e não precisam ter medo, funciona muito bem e é super rápido.

Saúde: Fiquei doente na viagem, precisei consultar e fui em uma clínica chamada CityMD Urgent Care, tem vários endereços e horários de atendimentos diferentes, a consulta custa 125 dólares e eles já dão todo documento necessário para reembolso do seguro saúde. Serviço ágil, clínica super nova e médicos/enfermeiros super prestativos. Dica super importante que eu não sabia e achei no perrengue.  Eles encaminham a receita necessária direto pra farmácia de sua escolha e você retira lá.

Quer contratar seguro-viagem? Clique aqui!

Enfim, esse foi um pequeno relato de algumas coisas que eu lembrei e achei importante! Foram 16 dias maravilhosos!

Gostaram do relato da Malu? Se você quiser participar, envie seu relato para análise para laura@lauraperuchi.com COM FOTOS, seu nome completo e cidade/estado. LEMBRE-SE que é preciso ser detalhista. Não precisa escrever um livro, mas seu relato tem que ser informativo!


Leave a Response