belezaBelezaturismo

4 dicas para a pele não sofrer no inverno de Nova York

O inverno em Nova York é um assunto que sempre rende pautas aqui no blog. Já rolou todo tipo de conteúdo – desde dicas do que fazer em uma viagem no frio até dicas de como se vestir e que calçado escolher. Há alguns dias, eu compartilhei outras dicas inéditas – e úteis, ao meu ver – lá nos Stories do meu Instagram (aproveita e já me segue por lá para não perder nenhum conteúdo!). As dicas fizeram sucesso e uma seguidora inclusive sugeriu registrar as mesmas em um post. O assunto? Dicas para a pele não sofrer no inverno de Nova York!

Além de se preocupar com um look com peças que vão te manter aquecido, é preciso também levar em conta que o nosso rosto fica exposto a temperaturas extremas, ao vento cortante e ao calor do sistema de calefação.  As temperaturas baixas causam vermelhidão, que ressecam a área do rosto, e diminuem a transpiração corporal, o que deixa a pele ainda mais seca. Isso fica ainda pior com os banhos quentes e, no caso de Nova York, com o sistema de calefação. Na grande maioria dos locais fechados, o aquecimento é muito forte, o que também deixa o ar seco, irritando ainda mais a pele. Sem contar que o ressecamento tende a deixar a pele com um aspecto envelhecido, de uma pele não tratada.

Como já encarei alguns invernos na cidade, tenho algumas técnicas e dicas para fazer com que a pele sofra menos com o frio e a calefação. E divido elas com vocês abaixo! Ah, e vale lembrar que peles oleosas também vão sentir os efeitos do inverno – falo por mim mesma, que tenho pele mista!

1. Mists hidratantes – gosto de explicar os mists como uma evolução da água termal. São sprays para serem borrifados na pele quando você sentir necessidade – podem ser usados, inclusive, por cima da maquiagem. Há diferentes fórmulas e ingredientes nos mists, mas eles têm uma função hidratante, ajudando a acalmar a pele. A dica é comprar um de embalagem pequena, que caiba na bolsa, para carregar com você em qualquer lugar e borrifar a qualquer hora. Os mists são herança das coreanas – elas amam essa categoria de produto. Além das lojas coreanas, também dá para encontrar mists nas farmácias, Harmon e Target. Esse aqui da Garnier custa apenas U$5. Além disso, tem mais: sabe aquela máscara facial que você aplica no rosto e espera secar para lavar? Vale usar o mist para prolongar a ação dela na pele!

2. Umidificador – eu sei que está na hora de ligar meu umidificador aqui em casa quando as extremidades do meu nariz ressecam, ficam avermelhadas e coçam, por conta do ar dentro de casa (devido à calefação) estar tão seco e quente! O umidificador é, basicamente, um aparelhinho que você enche com água e ele solta umidade no ar. Gosto de deixá-lo ligado o dia inteiro, principalmente à noite. Além de sentir que a pele sofre menos com a calefação, também tende a ajudar com a sensação de garganta seca. Você pode clicar aqui e conferir alguns modelos na Amazon – para quem mora aqui nos Estados Unidos e encara um inverno como o de Nova York, recomendo muito a compra! Na Bed Bath & Beyond e até mesmo em farmácias você também encontra. Porém, para quem está somente passeando, tenho duas dicas práticas para manter o quarto úmido durante a noite: você pode molhar uma toalha e deixar em um canto do quarto ou até mesmo encher uma bacia ou balde (peça ao seu hotel).

3. Óleo facial – além de manter o rosto hidratado durante o dia com o  mist – e também usar o hidratante de sua preferência de manhã e à noite – uma coisa que funciona para mim é usar óleo facial à noite, antes de dormir. Gosto de usar óleo de rosa mosqueta – tem função antioxidante e sempre ajuda a recuperar a minha pele quando ela está sofrida por conta do frio. Eu aplico de duas a três gotas e massageio no rosto. Lembram que eu tenho pele mista, né? As áreas oleosas não ficam mais oleosas por conta do óleo! Usem sem medo, faz muito bem à pele. Você pode clicar aqui e conferir algumas opções na Amazon – mas também dá para encontrar no Whole Foods e na Ulta.

4. Protetor solar – parece meio óbvio, mas para muita gente o protetor solar ainda não é um hábito, então, acho que vale a pena reforçar! Ao contrário do que muita gente pensa, o inverno em Nova York é feito de dias lindos de sol. Portanto, não esqueça de aplicar o filtro solar. Aliás, filtro solar deve ser usado inclusive em dias nublados. Além disso, naqueles dias que você vai visitar um parque coberto de neve, ele é ainda mais importante, pois pode intensificar os danos da alta incidência de raios UV causada pelo reflexo do gelo e da neve.

Gostaram das dicas? Espero que esses truques ajudem a manter a pele de vocês mais bonita durante a viagem!

Como é o clima em Nova York? O que fazer em cada mês? Como se vestir em cada estação? O que levar na mala? Essas e outras perguntas são respondidas no meu e-book Nova York em Quatro Estações! Clique aqui e confira! 


1 comentário

Leave a Response