Diário de viagem

Diário de viagem a Nova York – Rhaissa Castro

O Diário de Viagem é uma seção que traz relatos de leitores do blog. Nesses relatos, eles contam como foi a viagem a Nova York, o que mais gostaram de fazer, o que não gostaram, dividem dicas, enfim: um diário mesmo. O convidado de hoje é a Rhaissa Castro. Ela ficou 8 dias na cidade, em dezembro de 2018. Para conferir mais relatos, clique aqui.

Meu nome é Rhaissa, essa foi minha primeira viagem para Nova York e se Deus quiser voltarei em breve!  Fui com meus tios e minha prima, sendo assim, estávamos em 4 pessoas. Porém, meus primos que moram nos EUA, foram para Nova York e ficaram uns dias com a gente, portanto, por alguns dias estávamos em 6 pessoas.

Quero começar agradecendo a Laura por toda ajuda que tivemos com o grupo e blog MARAVILHOSO.

Jayme Ribeiro, não tenho palavras para expressar o quanto amamos o tour, foi demais, você é uma pessoa e tanto!! Obrigada por tudo e por nos mostrar Nova York de um jeito MARAVILHOSO!

Emerson, uma simpatia, quero parabenizá-lo por ter tirado minhas dúvidas e parabenizar o Uziel, que trabalha com ele, ele também é uma simpatia, adoramos fazer o tour com ele e o transfer de volta, super paciente e nos explicava TUDO da cidade. Vocês são demais!

Clique aqui para contratar os serviços de transfer do Emerson.

Bom, vamos lá:

Voo: Avianca Brasil

  • Amamos a companhia
  • Comida incrível
  • Comissários de bordo incríveis
  • Espaço bacana

Hotel: The Row

  • Localização ótima
  • Limpeza impecável
  • Marcelo (brasileiro) quem nos atendeu, simpatia em pessoa, sempre que precisávamos ele nos ajudava e dava ótimas dicas de restaurantes.
  • Quarto não é muito grande, mas já que era somente para dormir estava ótimo.
  • Camareiras super educadas
  • No hotel tem um Food Hall, não comemos lá nenhum dia, mas passamos e vimos várias opções de comida.
  • Pagamos Taxa de $28.69 por noite (não sei se muda valor conforme a época do ano)
  • Deixamos mais $100 de caução que eles devolvem no final da estadia
  • Caso queiram receber encomendas no hotel eles cobram por peso do pacote, sendo assim, cada peso tem um valor, porém também não sei informar se os valores dependem da época do ano. Então é sempre bom confirmar.
  • No quarto tinha uma garrafinha para enchermos de água e no final do corredor do andar tinha um filtro de água e enchíamos de água todos os dias.

Clique aqui para reservar o The Row.

Chegada:

  • Chegamos umas 7h no aeroporto de JFK e fomos para a imigração (foi tudo super rápido).
  • Pegamos um Super Shuttle (demoramos 1h~1:30h +/- para chegar no hotel).

Clique aqui e reserve o Super Shuttle

  • Fizemos o check-in no hotel com o Marcelo que nos ajudou bastante e deu ótimas dicas.
  • Passeamos na Times Square (pois a ansiedade de ver a Times era absurdamente alta kkk)
  • Almoçamos no Carmine’s (quando lembrei de tirar foto da comida já tínhamos comido quase tudo kkkk)
  • Depois de almoçar, fomos para o Museu de história Natural de metrô (diga-se de passagem: que dificuldade esse metrô, meu Deus. Mas nos últimos dias e com a ajuda do Google Maps nos acostumamos kkkkk)
  • Jantamos no John’s Pizzaria.

Clique aqui e confira a série de vídeos sobre o metrô.

2º dia

  • Tomamos café na Dean & Deluca (fica uns 5min do hotel).
  • Tiramos fotos no The New York Times que fica ao lado da padaria.
  • Passamos na Lot-Less (demais essa loja, compramos chocolates Lindt por 1 dólar e pouquinho)
  • Fomos ao Central Park (que lugar MARAVILHOSO ) e fizemos um passeio de bicicleta (carrinho puxado por bicicleta) de 1 hora. Pagamos 25 dólares + tip por pessoa. (obs: não sei se esse valor foi por sorte ou se o moço fez esse valor por estarmos em 6 pessoas, pois geralmente eles cobram um certo valor por minuto)
  • Almoçamos cachorro-quente no Nathan’s.
  • Fomos ao museu MoMA (sexta-feira o museu é gratuito a partir das 16 horas)
  • Voltamos a pé pela 5th e aproveitamos para passarmos pelo Rockefeller Center para vermos a árvore de Natal.

3º dia

  • Fomos ver a Estátua da Liberdade. Ao chegarmos, veio um moço nos oferecer passeio de barco de uma hora (não desce, mas passa bem mais perto da Estátua) por 37 dólares + tip, falamos que estava caro e que queríamos fazer o Free, pois achamos o preço um pouco salgado. Ao chegarmos perto da fila do passeio free vimos que a fila estava ENORME, íamos perder umas quatro horas ali na fila brincando, e comentamos “acho que 37 dólares não esta caro kkkkk” e pensamos em ir atrás do moço que havia nos oferecido, porém apareceu um outro moço (super simpático) e nos ofereceu o mesmo passeio por 34 dólares, mas como bons brasileiros que somos, demos uma chorada no preço kkk, ele nos informou que não poderia fazer por menos de 25 dólares e fechamos por 25 dólares + tips e SUPER VALEU A PENA.
  • Fomos no memorial 11/09.
  • Almoçamos/Jantamos no Eataly do Westfield World Trade Center.
  1. Observação da Laura: o Staten Island Ferry, passeio de barco gratuito, tem capacidade para 4500 pessoas. Por maior que a fila estivesse quando a Rhaissa chegou, certamente todo mundo embarcaria. 
  2. Cuidado com abordagens quando for fazer o passeio da Estátua da Liberdade. Neste caso, o vendedor informou que o passeio que ele vendia não iria até a ilha da Estátua, mas há inúmeros golpistas que vendem passeios prometendo a descida na ilha. 

Quer visitar a Estátua da Liberdade? Clique aqui.

4º dia

  • Estava chovendo bem fininho, então meus tios e minha prima foram no museu MET (eles apresentaram a carteirinha de estudante do Brasil e pagaram meia entrada) e eu fui andar.
  • Fui na Marshalls (amo essa loja) da 620 6th Ave e depois encontrei uma lojinha de souvenir muito boa, pois foi a mais em conta que achei (endereço no final do relato).
  • Às 20h, fui na peça The Lifespan of a Fact com Daniel Radcliffe (Harry Potter). E saindo da peça formou uma fila e o Daniel passa por ali tirando foto e dando autógrafos, então quem é fã pode aproveitar. Meus tios foram assistir ao Donna Summer e disseram que amaram. Compraram o ingresso na bilheteria do teatro.

OBS: as duas peças não estão mais em cartaz.

5º dia

  • Fomos ao observatório do Top of the Rock e na Igreja St. Patrick.
  • Tiramos fotos na escultura do LOVE.
  • À noite, fui patinar no gelo no Bryant Park (INCRÍVEL…teve uma hora que quase perdi os dentes na grade, mas graças a Deus tinha uma menino encostado na grade e eu agarrei ele. Ele deve estar assustado até agora, mas o importante é que deu tudo certo kkkk).
  • Depois de patinar fui ao Fantasma da ópera, que, por sinal, é na rua ao lado do hotel. Chorei absurdamente, sempre foi meu sonho, então nem preciso falar que amei demais né? hahaha. Comprei o ingresso no blog da Laura pelo Weplann.

Clique aqui para comprar ingressos para musicais da Broadway.

6º dia

  • Acordamos bem cedo e fizemos o Movie Tour com o Jayme. Que pessoa sensacional, que tour incrível, amamos demaaais! Quem puder fazer faça, não vão se arrepender.
  • Depois do Tour fomos ao Chelsea Market.
  • Voltamos de metrô para a Times Square e ficamos passeando e vendo as lojas por ali por perto.

Clique aqui e saiba mais sobre o Movie Tour.

7º dia

  • Fomos para o Brooklyn de metrô e fomos ao Dumbo.
  • Atravessamos a ponte do Brooklyn a pé.
  • Fizemos Wall Street e tiramos a famosa foto no touro
  • Almoçamos/Jantamos no Junior’s perto do hotel.
  • À noite, fizemos o passeio nas casas Dyker Heights para ver a decoração de Natal, foi uma experiência incrível, amamos demais. Fechamos o passeio com o Emerson e o motorista foi o Uziel.

8º dia

  • Dia de dar tchau. Como nosso voo era as 23:40, ficamos passeando por perto do hotel mesmo e fizemos as últimas compras.
  • Fechamos o transfer do hotel para o aeroporto com o Emerson. O Uziel quem foi nos buscar no hotel.

Algumas observações:

  • Carmine’s: restaurante SENSACIONAL e serve muito bem, mas é sempre bom fazer reserva antes, pois é lotado e não cobra nada para reservar.
  • Museu de história Natural: é incrível, amamos, porém estávamos bem cansados então não vimos tudo que tinha.
  • John’s Pizzaria: Pizza muito boa, e super perto do hotel.
  • Dean & Deluca: Muito boa, tomamos café da manhã quase todos os dias. Para quem gosta de salmão com cream cheese, experimentem o bagel com cream cheese e salmão (uma delícia), paguei 10 dólares.
  • Passeio de bicicleta no Central Park foi demais, o moço que nos levou parava para tirar fotos em alguns lugares e batia fotos nossa também.
  • Nathan’s: super famoso e uma delícia.
  • MoMA: para quem gosta de Arte Moderna é bem legal.
  • Eataly do Westfield World Trade Center: comida estava deliciosa, porém o atendimento foi péssimo.
  • Loja de souvenir: I Love Souvenirs – endereço: 377 5th Avenue
  • Junior’s: Eu comi um lanche e meus tios e minha prima um filé à parmigiana de frango, estava tudo uma delícia. O filé à parmigiana dava para dividir para duas pessoas tranquilamente.
  • Pista de patinação no Bryant Park: a entrada é Free, você paga o aluguel do patins (20 dólares + taxas, se não me engano).

Gostaram do relato da Rhaissa? Se você quiser participar, envie seu relato para análise para laura@lauraperuchi.com COM FOTOS, seu nome completo e cidade/estado. LEMBRE-SE que é preciso ser detalhista. Não precisa escrever um livro, mas seu relato tem que ser informativo!


Leave a Response