compras

Comprando laptop em Nova York – conheça o ChromeBook

Talvez alguns de vocês já saibam, talvez não, mas meu marido, Thiago, é engenheiro de software e, consequentemente, conhece bastante sobre o mercado de computadores. O suficiente, eu diria, para aconselhar boas compras em algumas categorias como smartphones e computadores. Como eu sei que comprar eletrônicos está entre os objetivos de muita gente que viaja não só para Nova York, mas para os Estados Unidos em geral, achei que seria bacana ele compartilhar algumas dicas de vez em quando e, no post de hoje, ele fala sobre uma opção de laptop que talvez muitos de vocês não conheçam: o ChromeBook. 

O que é o ChromeBook?
É o notebook/laptop do Google e seu propósito maior é o uso do navegador (Chrome) e de aplicativos que funcionam online. Esse computador conta com um sistema operacional desenvolvido pelo Google chamado Chrome OS. O Google tem investido em fazer com que o sistema seja compatível com a grande maioria dos aplicativos Android – que é o sistema operacional do Google para smartphones. Atenção: o Chromebook não conta com sistema Windows.

Quais as vantagens do ChromeBook?
Trata-se de um notebook de baixo custo, com bateria de longa duração – com uma média de 10 horas. Além disso, tem tamanho compacto (lembra dos netbooks?), ultra-portátil e é bem leve. Além disso, um sistema que consiste somente em um navegador – e que também não é muito popular – significa menos risco de contaminação por vírus. A maioria dos códigos maliciosos é criada para atacar o Windows, deixando o Chrome OS menos vulnerável a essas ameaças. A configuração não significa liberdade total, já que a web está cheia de banners de publicidade falsos, mas nada que um bom bloqueador de anúncios não resolva. O que importa é que, no mínimo, o sistema não exige um antivírus instalado.

Para quem é indicado?
Para todo tipo de usuário – mas principalmente para pessoas que não têm dependência de arquivos e programas locais – ou seja, que conseguem trabalhar somente com internet e programas e arquivos que ficam disponíveis online. Por exemplo: um computador deste tipo não suporta programas como Microsoft Word ou PowerPoint – porém, o próprio Google conta com soluções como Google Docs e o Google Slides que dão conta das mesmas tarefas e são totalmente online, tanto o funcionamento como a armazenagem dos arquivos. Ou seja, o Chrome Book é ideal para quem navega muito na internet e está familiarizado com este tipo de software online. Se você passa o dia todo no navegador, ele pode ser uma ótima opção para você. Além disso, se você é familiarizado com o Android, certamente não terá dificuldade alguma com o ChromeBook.

Para quem não é indicado?
Se você depende de programas específicos do Windows ou do Mac OS – como, por exemplo softwares da Adobe – ou lida com muitos arquivos offline – o ChromeBook não é uma opção. Para quem depende de um processamento alto – como para videogames, edição de vídeos/fotos, alguns tipos de programas de desenvolvimento ou precisa de softwares pesados, o ChromeBook também não é uma boa escolha.

Qual é a média de preço?
Uma das grandes vantagens do ChromeBook é o seu sistema operacional, o Chrome OS, que permite diferente fabricantes ofereçam a opção. O mais barato começa em U$179.

Como escolher  o melhor ChromeBook para mim?
O que muda é o tamanho de tela, memória RAM (o que pode aumentar a performance), tempo de bateria e qualidade do monitor. Leve esses pontos em consideração na hora de escolher o seu.

Os 5 Chromebooks com melhor custo-beneficio na Amazon (dá para encontrar na Best Buy e B&H também)
  • Acer Chromebook 11Faixa de preço: U$189 – Sem sombra de dúvidas, o Chromebook de melhor custo-benefício do mercado nesse momento. Tela IPS 11.6’’ de alta qualidade, com resolução máxima de 1366×768 pixels, placa de vídeo e processador Intel, incríveis 4GB de memória RAM DDR3 e um tempo médio de bateria de aproximadamente 10 horas de uso. Além disso, outro ponto super forte é que esse modelo tem entrada HDMI, entrada para SD Card, entrada padrão para fone de ouvido/microfone e 2 portas USBs. Isso, na minha opinião é uma grande vantagem em relação a maioria dos Chromebooks lançados em 2017/2018 que só contam com as famosas novas portas USB-C. Mesmo em 2018, muitos dispositivos ainda não tem saída/entrada para USB tipo C, exigindo uso constante de adaptadores para muitas tarefas. O principal ponto fraco é o espaço de armazenamento em disco local que é de apenas 16GB SSD. Isso pode ser particularmente um problema se você tem planos de instalar vários aplicativos e jogos Android (agora suportados nativamente no Chrome OS) no seu Chromebook.
  • 2017 Samsung Chromebook – Faixa de preço: U$199 – Outro Chromebook de excelente custo-benefício, tela 11.6’’ HD LED (com resolução máxima 1366 x 768), processador Intel, 2GB de memória RAM, armazenamento local de 16GB SSD, tem entrada HDMI, webcam e tempo de bateria de até 11 horas. A principal desvantagem desse modelo da Samsung em relação ao Acer é a quantidade de memória RAM, que pode afetar a performance do Chrome OS quando se tem muitas abas no Chrome ou aplicativos Android abertos simultaneamente. Porém, existem diversos aplicativos para ajudar nesse quesito, como é o caso do The Great Suspender que faz com que abas não utilizadas por 30 ou 60 minutos sejam temporariamente suspensas liberando memória e outros recursos do sistema para as tarefas ativas. Uma grande vantagem desse Chromebook é o fato da Samsung ser o fabricante dele. Em 2011, a Samsung foi a primeira fabricante de hardware para Chromebooks e desde então tem uma ótima reputação no mercado.
  • Acer Chromebook R 11 – Faixa de preço: U$280 – Se você está em busca de um Chromebook Touch-screen que pode ser facilmente transformado em um tablet e você não quer gastar muito, esse modelo da Acer será perfeito para você. Com 4GB de memória DDR3, tela de 11.6’’ HD Touch, 32GB de armazenamento SSD e tempo de bateria de até 10 horas, ele é sob medida para a grande maioria dos usuários e tarefas. Além disso, outro ponto super forte é que esse modelo tem entrada HDMI, entrada para SD Card, entrada padrão para fone de ouvido/microfone e 2 portas USBs, uma grande vantagem em relação ao Google Pixelbook e ASUS Chromebook que só contam com portas USB-C. Recomendação absoluta em custo-benefício para Chromebooks “Flip” (Touch-Screen/Tablet/Laptop).
  • Google Pixelbook – Faixa de preço: U$800 – Assim como o famoso smartphone do Google, o Google Pixel, e o famoso tablet, o Google Nexus, o Google Pixelbook combina o melhor do Google em Chromebook da mais alta-performance com 8GB de RAM e que, além disso, é touch-screen e increvelmente versátil. É facilmente transformado em um tablet e vice-versa, com a rotação de 360º graus.  Média de 10 horas de duração de bateria e com uma tela de altíssima-resolução 12.3 polegadas, 2400x1600p Quad-HD, a melhor tela para ChromeBooks do mercado. Tem um design excepcional e é muito leve, pesando um pouco mais de 1Kg.
  • ASUS Chromebook Flip C302 Touchscreen – Faixa de preço: U$450 – É o Chromebook da Asus equivalente ao Google Pixelbook, porém por praticamente metade do preço. A principal diferença está em algumas especificações de hardware, o Asus conta com menos memória (4GB ao invés de 8GB), tem um poder de processamento um pouco menor (2.2 GHz i3 vs. 3.3 GHz i5) e tem metade da capacidade de armazenamento (64GB SSD vs. 128GB SSD). Vale a pena ressaltar que para a grande maioria das tarefas feitas em um Chromebook (navegação na web), a diferença entre esse modelo da Asus e o Google Pixelbook pode ser imperceptível para a grande maioria dos usuários. Por exemplo, o fato desse Chromebook da Asus ter 64GB de disco SSD (ao invés de 128GB ou 256GB) é quase que irrelevante para um Chromebook onde a principal atividade é navegação na web e praticamente tudo pode estar facilmente armazenado na nuvem. Se você tem uma grande dependência em arquivos armazenados localmente, você provavelmente não deve migrar para o Chromebook onde se tem uma expectativa que a grande maioria do que você precisa seja acessado através do navegador Chrome ou Aplicativos Android.

O que acharam? Gostariam de ver mais posts deste tipo aqui no blog?


Leave a Response