compras

Qual é a média de preço de MacBooks Pro usados em Nova York?

Que comprar eletrônicos nos EUA compensa todo mundo sabe. Mas o que poucos sabem é que Nova York é o maior mercado de MacBook Pro usados do mundo! E pouca gente sabe que comprar um MacBook usado pode ser um excelente negócio – traduzindo: é uma maneira muito mais econômica de comprar um equipamento de excelente qualidade e de longa vida útil. Para dar uma ideia de preço e mostrar a diferença a vocês, meu marido Thiago Ghisi preparou um post com informações bem bacanas, que vocês conferem a seguir.

A seguir, as faixas de preço recomendadas que podem ser facilmente encontradas no Craigslist. O topo da faixa de preço são para aparelhos com todas as especificações de hardware no máximo, por exemplo, 512GB ou 1TB de SSD, 16GB RAM DDR3, modelos com placa de vídeo adicional, ou mesmo modelos com menos de 100 ciclos de bateria. Já a base da faixa de preço é recomendada para modelos básicos dos aparelhos, por exemplo, MacBook Pros ainda com Hard Drive (HDD) ou com apenas 8GB RAM…

2012 Retina:
-13 $500-600
-15 $600-700 EVITE (problemas de fábrica com placa de vídeo)
2013 Retina:
-13 $500-700
-15 $600-800 EVITE (problemas de fábrica com placa de vídeo)
2014 Retina:
-13 $600-750
-15 $750-950
2015 Retina:
-13 $700-900
-15 $900-1300
2016 Retina Touch Bar:
-13 $950-1500
-15 $1450-2000
2017 Retina Touch Bar:
-13 $1000-1600
-15 $1550-2500

Para quem não está muito familiarizado com a média de preços dos mesmo MacBooks Pro no Brasil, analisem rapidamente os seguintes links:

Qual é o tempo médio de vida útil de um MacBook Pro?
Os MacBook Pros podem durar muito muito tempo. Eles são um dos notebooks mais indestrutíveis, estáveis e de alta performance que existem. Segundo esse tópico do site Quora, o tempo de vida útil médio de um MacBook Pro é de 4 a 6 anos antes do modelo ser tornar obsoleto. Vale a pena ressaltar aqui que obsoleto nesse caso não significa quebrado ou não-funcional – existem diversos relatos de pessoas ainda usando o MacBook Pro 2009 em 2018. Obsoleto nesse caso é mais em relação a velocidade da máquina comparado a modelos atuais para a grande maioria dos usuários/necessidades. Dependendo da sua necessidade e uso, um MacBook Pro pode ser sua ferramenta de trabalho (ou lazer) por uma década ou até mais, até ele parar de funcionar completamente.  Essa é uma média muito diferente do tempo médio de vida útil de um smartphone em 2018 que é de um pouco mais de 2 anos – como você pode conferir aqui.

Por que comprar o MacBook Pro ao invés do MacBook Air ou do MacBook (não Pro)?
Eu acredito que nem todos usuários precisam de um MacBook Pro – que, como o próprio nome diz, é focado para usuários profissionais, para tarefas que demandam bastante processamento como edição de vídeo ou programação. Já o MacBook Air é focado em trabalhos mais leves, como edição de texto, planilhas, navegador e coisas do gênero. Entretanto, com a diferença de preço sendo tão minúscula entre os dois modelos, principalmente no mercado de usados, não acredito que seja interessante investir em um MacBook Air.
As maiores vantagens do MacBook Air em relação ao MacBook Pro são: peso, tamanho e o tempo de bateria. Porém, o tempo médio de vida útil é muito menor, justamente por ser um modelo de notebook com especificações de hardware com foco exclusivo em maximizar tempo de uso em bateria, fazendo que com isso o modelo fique muito lento para tarefas que requerem um pouco mais de poder de processamento em poucos anos. Além disso, a qualidade da tela do MacBook Air é bem inferior à tela do MacBook Pro Retina.

Por que o MacBook Pro Retina 2015 Dual-Graphics é o meu preferido?
É último modelo de MacBook Pro com teclado completo, sem a nova Touch Bar (que eu particularmente detesto) e com as teclas tradicionais de F1-F12, teclas extremamente importantes para programadores e profissionais que automatizam tarefas repetitivas. É também último modelo realmente portável com 2 portas USB tradicionais, 1 porta HDMI, 2 portas Thunderbolt, 1 entrada para cartões SD card (muito importante para fotógrafos) e a famosa entrada tradicional para fone de ouvido. Em termos de perfomance, as melhorias em relação ao novo modelo da Apple são praticamente irrelevantes.

Gostou do assunto? Ficou interessado no mercado de MacBooks usados?

No e-book Nova York Econômica, tem um capítulo inteiro ensinando passo-a-passo como fazer para encontrar, negociar preço e comprar os melhores eletrônicos usados no Craigslist em Nova York sem ser passado para trás (com dicas de como checar ciclo de bateria). Isso inclui não só laptops, mas também câmeras e celulares. Um capítulo escrito por alguém que já comprou nada mais nada menos que QUATRO MacBook através do Craigslist! Clique aqui para comprar o seu.


1 comentário

Leave a Response