serviçosturismo

Dúvidas comuns sobre seguro viagem!

Seguro viagem é aquele tipo de coisa que a gente paga para não usar. Digo isso porque ninguém quer passar por um contratempo estando longe de casa, não é mesmo? Porém, como quase tudo na vida, esse tipo de coisa não é previsível e pode, sim, infelizmente, acontecer com qualquer um. Um acidente, uma crise de doença crônica ou qualquer outro incidente envolvendo a saúde – tudo isso pode ter uma proporção muito maior quando estamos longe de casa. Aqui no blog, já tivemos um post a respeito da importância do seguro viagem – e você pode clicar aqui para conferir. Porém, como o assunto gera muitas dúvidas nas pessoas, convidei – outra vez – a Thais Nolasco De Toledo Benedetti, que trabalha na área, para responder às perguntas mais frequentes dos viajantes. Veja o desconto especial no fim do post!

Primeiro lembrete da Thais! O seguro viagem não é um seguro de saúde ou plano de saúde.  O objetivo dele é  resolver uma questão emergencial que permita ao passageiro retornar pra casa e finalizar um tratamento quando preciso.

–  Comparação entre o seguro contratado e o seguro oferecido pelo cartão de crédito. Muita gente quer aproveita a vantagem do seguro oferecido pelo cartão (são vários que oferecem). Entretanto, há algumas diferenças e essas são as principais:

  • As coberturas mais comuns ofertadas pelos cartões costumam ser baixas e são também dedutíveis. Exemplo: Supondo que você tenha uma cobertura de 40.000 do seguro do cartão. Se você precisar usar 10.000 para uma perna quebrada, você vai ficar com um saldo de 30.000 – e assim sucessivamente a cada evento. Nos melhores produtos de seguro do mercado, o mesmo produto de 40.000 tem cobertura por evento, ou seja, se você usar 10.000 para a perna quebrada, encerra-se esse evento e, ao precisar novamente do seguro, você tem novamente 40.000 para essa outra situação.
  • No cartão, o atendimento é quase sempre feito em modalidade assistência, por reembolso, ou seja: você paga pelo atendimento e depois é ressarcido. Nos melhores seguros contratados hoje, você tem as duas opções: 1.uma rede conveniada para atendimento, e nesse caso o seguro assume todos os custos até o valor máximo contratado; 2. você poderá escolher onde ser atendido, e se o seguro não tiver credenciamento com tal hospital, vai propor credenciamento, e caso o hospital não aceite, a pessoa pagará a escolha que fez, e será reembolsada depois.
  • Normalmente, nos cartões de crédito mais comuns, é exigido que você tenha limite no seu cartão, para pagar o sinistro com ele, e ser reembolsado depois, quando chegar de viagem. Então, se você teve um problema que custou 30.000 dólares, você tem que ter esse limite pra usar o cartão e pagar.
  • Quando você paga o atendimento com seu cartão para ser ressarcido depois, o cartão reembolsa o valor gasto no seguro, mas não reembolsa o IOF que aquele gasto gera no seu cartão.

Lembre-se que toda regra tem exceções e estou falando da maioria dos casos. Podem existem planos de cartões de créditos diferenciados .

Qual a diferença entre assistência de viagem e seguro viagem? Atualmente, depois da mudança na regulamentação dos planos pela Susep, a grande maioria dos produtos passou a ser seguro viagem com opções de assistência em viagem. As seguradoras regulamentadas costumam ter tem as duas opções. O seguro tem uma rede credenciada para os atendimentos e, nesse caso, a seguradora arca com os custos até o valor limite contratado quando você é atendido dentro dessa rede. Na modalidade de assistência, paga-se para ser antedido antes e reembolsado depois. Como por lei todos têm direito de escolher como querem ser atendidos, se o passageiro não quiser usar da rede conveniada, e o hospital que ele escolheu não aceitar fazer credenciamento, ele precisa ser atendido na modalidade de assistência, pagando o atendimento e recebendo o reembolso depois. Existem também lugares remotos que podem não ter rede conveniada, e, nesse caso, fica valendo a opção do passageiro de pagar e depois ser reembolsado. Então, essa questão de seguro ou assistência depende mais do atendimento que precisa ser feito, do lugar onde ele está  e do passageiro.

Tem como saber antes da viagem qual é o hospital mais perto do hotel? Depende de que local estamos falando e também da seguradora. O mais importante é que para cada evento pode ser preciso um tipo diferente de atendimento. Podem existir hospitais credenciados próximos do hotel, porém, pode ser que eles não atendam todos os eventos listados nas coberturas do seguro naquele hospital. O credenciamento pode ser por especialidade. No caso de Nova York, por exemplo, tem como consultar, mas não acho que seja uma informação relevante sem saber para que tipo de atendimento você vai precisar do hospital. Há ainda situações em que o médico é encaminhado até você, sem precisar de deslocamento até um hospital.

Como é a cobertura de atraso e extravio de malas? Essa é uma cobertura que é feita mediante reembolso em qualquer seguradora. Isso porque é uma situação muito específica e que envolve também a companhia aérea. Bagagem é um item muito pessoal, e varia de uma pessoa para outra, sem padrões definidos. O importante sobre essa cobertura é saber que antes de acionar a seguradora é preciso ir ao balcão da companhia aérea logo após o desembarque, fazer a reclamação sobre a bagagem que não chegou, e então, depois, com o formulário de reclamação da companhia aérea devidamente preenchido, é que se deve acionar o seguro. É nesse contato que a seguradora vai orientar como você poderá proceder de acordo com a cobertura do seguro contratado.

Como é a cobertura em caso de atraso / cancelamento de voo ? Para acionar essa cobertura também é preciso que seja feito primeiro a comunicação formal com a companhia aérea. É preciso ter em mãos a documentação que comprove tal atraso ou cancelamento. Valores de cobertura vão depender do produto contratado.

Cobertura para gestante é diferente? Sim, nas principais seguradoras, há um valor de cobertura específico apenas para eventos da gestação. Em geral, o valor é de 10.000 dólares ou euros. É possível contratar adicionais para essa cobertura, sendo de até o valor total do seguro contratado. A cada 10.000 adicionais, o custo é de cerca de 28 dólares, geralmente.

Qual cobertura ideal ou sugestiva para viagens aos Estados Unidos?  Poderíamos dizer que a maior cobertura é sempre a melhor, mas o ideal é usar sempre o bom senso. Quando fazemos um seguro viagem, é um investimento numa viagem tranquila, mas temos sempre que pensar que pode ser necessário usá-lo, e, portanto, precisamos estar cientes de ter contratado cobertura de acordo com o destino, com a idade e com o histórico pré-existente. Não é possível prever uma situação de sinistro, mas é possível avaliar, de acordo com esses aspectos citados, qual opção atenderia de forma personalizada cada viajante. Falando em Nova York e Estados Unidos em geral, não existe a obrigatoriedade de contratação de seguro como na Europa, mas sabemos que os custos de saúde são altos.  Um braço quebrado, por exemplo, gera gastos próximos de 10.000 dólares; um caso de apendicite pode chegar a 40.000 dólares; uma UTI gera um gasto de 5.000 dólares por dia; entre outros. Lembrando que os produtos existentes para os EUA são a partir de 40.000 dólares de cobertura por evento.

E os atentados terroristas? É uma exclusão de todos os seguros viagens. Nenhum seguro viagem cobre eventos relacionados a atentados terroristas.

E os desastres naturais por condições climáticas? Existe uma cobertura adicional, que prevê cobertura de hospedagem para casos de permanência forçada por essas condições. Nos produtos de linha não há essa cobertura.

Quais as principais coberturas inclusas no seguro viagem?  Assistência médica por acidente, assistência médica por enfermidade, assistência médica por enfermidade preexistente, assistência médica por prática de esportes, assistência farmacêutica, assistência odontológica, acompanhamento familiar (classe econômica e hospedagem/ máx. 5 dias), fisioterapia (prescrição médica), repatriação sanitária, repatriação funerária, regresso de menor e idoso desacompanhado, remoção em caso de emergência, assistência médica para gestantes, convalescença em hotel (máx. 5 dias), extensão da internação hospitalar, garantia de viagem de regresso, gastos por atraso ou cancelamento de voo (após 6 horas), reembolso de gastos por demora de bagagem extraviada (após 6 horas), reembolso para danos à mala, transmissão de mensagem urgente, traslado ou substituição de executivo por emergência, assistência jurídica por acidente de trânsito, remessa de valor para fiança judicial para acidente de trânsito, cancelamento de viagem plus reason, interrupção de viagem (titular), seguro de bagagem extraviada (suplementar), seguro de invalidez permanente por acidente, seguro de vida (natural e acidental).

Quais coberturas podem ser contratadas como adicional e quais as condições para contratação das mesmas?

  • Adicional despesas médicas pré-existentes – Caso adicione a cobertura de pré-existência, serão exibidos apenas os planos que não ultrapassem o limite de cobertura de assistência médica;
  • Adicional para práticas de esportes;
  • Adicional seguro de bagagens extraviadas;
  • Segurocancelamento any reason – Só pode ser contratado como adicional para planos acima de 70.000 dólares de cobertura. A contratação do seguro de cancelamento any reason é permitido até 15 antes do início da viagem;
  • Seguro cancelamento plus reason – Só pode ser contratado como adicional para planos acima de 70.000 dólares de cobertura. A contratação do seguro de cancelamento plus reason é permitido até 15 antes do início da viagem;
  • Adicional gravidez;
  • Adicional para despesas extraordinárias por permanência forçada (condições climáticas);
  • Adicional de furto qualificado de equipamentos eletrônicos

Gostaram do post? A Thais Nolasco De Toledo Benedetti é agente de viagens e trabalha com a seguradora April Coris. Leitores do blog têm 10% de desconto na contratação do seguro! Entre em contato: thaisbenedettiviagens@gmail.com / Whatsapp: 55 62 99978-5554


Leave a Response