Enoteca Maria: o restaurante que emprega vovós em Nova York

É incrível como alguns lugares viralizam na internet, certo? Aqui em Nova York, isso é bem comum. Vários estabelecimentos acabam ficando muito famosos por sua popularização na internet: seja pela localização privilegiada, pela decoração fofa, pelo tema inusitado ou por um prato diferente. Com o advento dos vídeos rápidos no Facebook, todo mundo tem descoberto mais e mais lugares. Neste ano, a Enoteca Maria foi um dos locais que foi notícia por conta destes vídeos. Trata-se de um restaurante aqui da cidade que contrata vovós para cozinhar.

Quando esses vídeos viralizam, parece que se trata de algo novo, né? Mas a verdade é que a Enoteca Maria já está na atividade há cerca de 10 anos. E o que faz do lugar algo especial? Sua proposta: aqui, os chefs não são celebridades. São avós. E quem não gosta de comida de vó? Eu tenho tantas lembranças dos almoços de domingo na casa da minha avó… Aquela fartura, aquele pão caseiro, aquela polenta… É por mexer com esse imaginário das pessoas que a Enoteca Maria faz sucesso.  No começo, todas as nonnas – como as chefs são chamadas carinhosamente chamadas – eram italianas. O proprietário recrutava as mesmas através de anúncios em jornais italianos. Depois, a ideia expandiu: a cada dia, uma nonna de nacionalidade diferente comanda a cozinha, com as especialidades de seu país de origem. Porém, é uma nonna italiana que faz as massas frescas do menu fixo da casa.

Curiosos a respeito do local e atraídos pela proposta diferenciada, fomos conferir de perto o local no último sábado. O ambiente do restaurante é super simples. Tivemos sorte, já que não fizemos reserva e o local já estava com todos os horários reservados. O proprietário, Jody Scaravella, nos ofereceu dois lugares no balcão, e sentamos ali mesmo. Scaravella é quem cuida das reservas, à moda antiga – ele gerencia tudo por um caderno. Com um dispositivo acoplado na orelha, atende às ligações e vai gerenciando os horários da clientela.

O espaço do restaurante não tem firulas. De fato, não há muitas mesas disponíveis e dá para ver a nonna trabalhando na cozinha. No dia que estivemos lá, era uma ucraniana que estava cozinhando e o menu inclui as especialidades do dia. Dentre as opções, escolhemos o ravióli de batata, com bacon e cebola salpicada. Do menu tradicional – cheio de opções de pratos italianos – escolhemos uma entrada de cogumelo (U$17) e uma lasanha com molho branco (U$23). Pão com antepasto é cortesia da casa. Nós dividimos tudo – porém, só a lasanha já teria sido suficiente para nós dois. O prato era muito bem servido. E, claro, tudo delicioso, com aquele sabor caseiro. A gente amou, saímos super satisfeitos. E a sensação era de que estávamos em casa. Fomos super bem atendidos! No site do restaurante, dá para conferir o menu completo e também o calendário de nonnas.

A Enoteca Maria fica em Staten Island. Não é o restaurante mais perto para se almoçar ou jantar em Nova York, mas, é uma opção para esticar o passeio depois de pegar o Staten Island Ferry – a barca gratuita que atrai muitos turistas por causa da vista para a Estátua da Liberdade (tem post com vídeo aqui no blog).

O restaurante abre de quarta a domingo, a partir das 15 horas – quando a nonna está presente. Também abre para almoço do meio-dia às 15 horas, de quarta a sexta, mas sem a presença da nonna

Endereço: 27 Hyatt Street – fica a 5 minutos andando da estação do Ferry! Se você for até lá, certifique-se de fazer reserva (718) 447-2777.

Author

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *