gastronomiaturismo

Brunch no castelo de Caras, em Upstate NY

Meu marido estava de aniversário na segunda-feira. Nós tínhamos planejado uma viagem para Fort Lauderdale para o fim de semana que passou, mas, devido ao furacão Irma, achamos melhor cancelar. Logo, tivemos que reprogramar o fim de semana e pensar em como fazer algo especial no sábado e no domingo – já que aniversário em segunda-feira complica um pouco, né? No sábado, assistimos à uma peça da Broadway e no domingo fomos conhecer um lugar que já estava na minha lista, o Castle Hotel & Spa, que fica em Tarrytown, no norte do estado de Nova York – a gente chama essa região de upstate NY. Quando eu estava lá, fiz alguns Insta Stories (@laura_peruchi) e uma seguidora me lembrou de um fato muito interessante: o Castle Hotel & Spa é o Castelo de Caras. Interessante é que eu já sabia disso e não tinha me dado conta! hahahaha

Localizado a trinta minutos a norte de Manhattan, o Castle Hotel & Spa fica em um dos pontos mais altos do condado de Westchester, com vista para o rio Hudson, em meio a extensas áreas de jardins e terrenos bem cuidados. O lugar, que tem mais de 100 anos, tem uma história bem interessante, que começou um pouco antes do início do século 20, quando o General Howard Carroll, jornalista e respeitado homem de negócios, comprou a terra para ser a casa de sua família. A construção foi erguida em duas fases, entre 1897 e 1907, e foi inspirada nos fortes da Escócia e da Irlanda, com 45 quartos. Howard Carrol e sua esposa eram figuras notáveis na sociedade de Westchester e de Nova York. Em 1910, o castelo foi expandido. Após a morte do General Carroll em 1916, sua viúva e filhos ocuparam o Castelo até 1940, quando foi alugado por um breve período para uma escola local. Em 1941, Emerson e Ruth Axe compraram o castelo e transformaram o lugar na sede da H.W. Axe & Company, empresa de investimentos. Em 1981, a cidade de Tarrytown designou o castelo como patrimônio histórico, protegendo a estrutura externa de qualquer alteração no futuro. Entre 1994 e 1996, o castelo foi transformado num hotel de luxo, com restaurante gourmet e estrutura para eventos. Em 2013, o local inaugurou a instalação anexa do THANN Sanctuary Spa, conhecido na Asia como um oasis de paz e tranquilidade.

A esta altura, você já deve imaginar que o preço das diárias e dos serviços de spa não é o que podemos chamar de acessível. Quem sabe um dia a gente desfrute dessa parte mais de perto, mas, agora, a gente se contentou com uma experiência no restaurante Eqqus, que fica dentro do hotel e serve café da manhã, almoço, jantar e brunch. Pesquisamos a respeito antes e descobrimos que o brunch tem um menu com preço fixo. Achamos a proposta atraente e fizemos nossa reserva. Apesar do sistema do OpenTable mostrar que não havia mais mesas disponíveis, ligamos e conseguimos reservar uma mesa.

O ambiente do restaurante é lindo e, na parte onde sentamos, havia uma vista maravilhosa para o jardim – onde, inclusive, estava rolando um casamento. O brunch custa U$42 (mais taxas e gorjetas) e inclui uma entrada, um prato principal e uma sobremesa, além de uma taça de Mimosa ou Espumante. De entrada, Thiago escolheu o Chicken Liver Mousse – patê de fígado de frango, servido com torradas. Eu escolhi o Sweet Corn Risotto – risoto de milho – em uma porção bastante generosa se considerarmos que era um aperitivo. De prato principal, decidimos escolher uma opção doce e outra salgada, para dividir. Optamos pelo burger, acompanhado de ovo e batata frita e as panquecas com blueberry. Gente, sério, morri por essas panquecas. Estou salivando só de lembrar! Nossas sobremesas foram o Espresso Crème Brulée e o Opera Cake. Tudo delicioso, não aguentávamos mais comer!

O Eqqus também tem opção de menu com preço fixo para jantar e para almoço, e também a la carte. Você pode conferir todos os menus aqui. Para fazer reserva, clique aqui.

Depois do almoço, aproveitamos para explorar os arredores do castelo e tirar algumas fotos. É tudo tão lindo e tranquilo. Fico imaginando o quão mágica deve ser a paisagem na época do outono! Vale lembrar que há pacotes especiais que incluem serviços de spa + brunch. Vocês podem conferir tudo no site.

Como chegar? De trem, da Metro-North. Os trens partem da Grand Central e também da estação 125th Street, no Harlem. Você compra o ticket nas máquinas de auto atendimento e escolhe “Round trip” (ida e volta) e o destino final é TarryTown. O preço do ticket varia conforme o horário. No nosso caso, era um domingo, off peak (fora do horário de pico) e os tickets custaram U$20 por pessoa, ida e volta. Cheque no painel as informações sobre os trens para saber em qual track você deve esperar. Guarde o ticket com você, pois um funcionário confere durante o trajeto. Saímos do Harlem às 10:54 e chegamos em Tarrytown às 11:25. Muito rápido, não? O trajeto passa à beira do Hudson River – e, vale avisar, a vista é incrível. Ao chegar em Tarrytown, havia vários táxis já esperando na área. Da estação de trem até o Castelo são cerca de 5 minutos e a corrida custa de U$8 a U$10. Vale baixar o app do MetroNorth: o Train Time (para horários) e eTix para tickets.

DICA! Você pode aproveitar a ida a Tarrytown e combinar a visita ao castelo com outro passeio: a residência dos Rockefeller! Clique aqui e confira meu post a respeito!


Leave a Response