Paris: os melhores restaurantes da nossa viagem

Depois de falar sobre o que fizemos na capital francesa – clique aqui para conferir o post com dicas de programas nada óbvios em Paris – é hora de falar dos restaurantes! Tivemos experiências gastronômicas ótimas por lá – e grande parte disso se deve à “curadoria” da minha irmã, que mora na cidade e sempre tinha uma dica bacana pra gente! A seguir, vocês conferem os locais que mais curtimos comer durante nossos quatro dias por lá – e não deixem de se inscrever no canal para acompanhar os vlogs, pois todos eles também aparecerão nos vídeos.

Localizado em Montmartre, é um dos restaurantes preferidos da minha irmã. Ela mora no bairro e esse é um dos locais que ela e o marido sempre vão para almoçar ou jantar. O menu é bem variado e conta com vários pratos à base de carne, peixe e aves. A escolha do Thiago foi o Tartiflette, um prato com bacon, queijo e batata frita  – falem para mim se tem como ser ruim?  Meu prato foi um steak com batata gratinada e minha irmã ficou com a salada – que vem com batatas deliciosas por cima. Tudo estava muito gostoso! Os pratos custam, em média, €14,50. Vale lembrar que todas as porções eram muito bem servidas!

Essa foi uma dica da amiga Juliana, que ama Paris (e já morou lá por um bom tempo). O Carl Marletti é uma patisserie – então, é um prato cheio para os amantes de doces. O motivo da nossa ida até lá foi por conta da torta de limão – a Ju disse que é a favorita dela. De fato, a tortinha de lá está, inclusive, na lista de blogs e sites de Paris como uma das melhores da cidade. Estava deliciosa – mas tenham em mente que é diferente das que conhecemos no Brasil. Também pegamos um macaron gigante de chocolate. Os preços ficam em torno de €4, em média. Ah, não há mesas para sentar, mas há um parque bem em frente à patisserie.

Esse restaurante fica perto de Montmartre, não muito longe do Moulin Rouge. Minha irmã reservou pra gente por conta dos ótimos reviews na internet. O ambiente é simples e trata-se de um restaurante no estilo tapas – ou seja, para pedir vários pratinhos e dividir. Os atendentes eram muito simpáticos! Pedimos guacamole, burrata, hummus de beterraba, mac and cheese. Tudo acompanhado, claro, de pão, o que é super comum em Paris. Não são pratos extraordinários, mas tudo estava muito bem preparado e delicioso. Se puder, faça reserva! O preço de cada prato vai de €5 a €10. Estávamos em quatro pessoas e pedimos 6 tapas. É um restaurante bem bacana para um fim de tarde, sabem? Para comer e tomar uma cervejinha no verão – ou um vinho no inverno.

Em Paris, há vários clássicos da culinária, e o crepe, sem dúvidas, é um deles. Esse restaurante fica no bairro Saint Michel e minha irmã alertou que há muitos restaurantes nesse bairro que são furadas – o que não é o caso desse, segundo ela. Há uma infinidade de opções de crepes – além de saladas e outros pratos. Eu pedi um com blue cheese (queijo tipo gorngonzola) e nozes. Estava estupendo! O Thiago pediu um com carne (e ovo por cima). Não me recordo muito dos preços, mas acredito que era em torno de €12, em média.

Essa foi, na minha opinião, nossa melhor experiência gastronômica em Paris. O La Bellevilloise fica no bairro de Belle Ville – falei dele no meu post sobre os programas em Paris. O restaurante é lindo, super charmoso, com decoração rústica e oliveiras de verdade dentro! Estivemos lá numa sexta-feira e tinha música ao vivo. O local estava bem animado e com muita gente jovem. Nosso grupo tinha 6 pessoas e pedimos algumas entradas, como buratta, prato de frios e couve-flor gratinada (média de €8 cada). Depois, cada um escolheu seu prato. Eu optei pelo peixe com arroz e grãos, e na nossa mesa ainda teve massa,  steak tartar e vitela. Todo mundo curtiu a comida e a maioria dos pratos variava de €14 a €26.

Gostaram do post? Espero que as dicas ajudem caso estejam planejando uma viagem a Paris! 

Author

One comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *