Um guia para explorar o Central Park!

O Central Park é o refúgio dos novaiorquinos e, certamente, um dos pontos mais famosos da cidade. Com uma área enorme, que vai da 59th St até a 110th St, o parque tem seu charme o ano todo. Seja no inverno, quando todo mundo vai brincar na neve, seja no verão, quando os gramados viram “praias” ou seja na meia-estação, quando as árvores ficam coloridas, com os tons do outono ou da primavera. Não importa a época, o Central Park vai ser sempre um lugar para ser visitado em Nova York. E como o local é gigantesco, ele merece ser explorado com tempo! Eu recomendo reservar pelo menos um dia inteiro para o parque – que pode ser dividido em dois períodos, dependendo de como estiver a temperatura. Muita gente me pede um guia de como explorar o Central Park e hoje resolvi destacar alguns dos pontos principais! Neste guia, vocês vão conferir uma foto de cada lugar, uma breve explicação e, ao final, tem um mapa com todos os pontos marcados.

Great Hill – A 135 metros acima do nível do mar, Great Hill é um dos pontos mais altos do Central Park. É parte de uma corrente de afloramentos de rocha que se estende através do parque na 106th Street, uma área que era originalmente parte de Harlem.

Conservatory Garden – o Conservatory Garden é o único jardim “formal” do parque. Tem uma atmosfera silenciosa, um clima mais calmo – já que bicicletas não são permitidas ali dentro. Aberto em 1937, é composto por belas plantas sazonais que são organizadas em três estilos: Inglês, francês e italiano. Confira um post sobre o local aqui.

Jacqueline Kennedy Onassis Reservoir – uma das paisagens mais pitorescas do Parque, o reservatório foi construído na década de 1860 como um abastecimento de água temporária para a cidade de Nova York, enquanto o sistema de água Croton foi desligado para reparos duas semanas por ano. Caminhar ao redor do reservatório é uma delícia e vai te proporcionar uma vista linda do parque.

The Metropolitan Museum of Art –  você pode ate não gostar de museus, mas é bom lembrar que  além do acervo incrível de obras de arte, esculturas e outros artefatos, o MET tem um rooftop sazonal – que fica aberto de maio a outubro. A vista para o Central Park é incrível! A cada temporada, o rooftop conta com alguma exposição também.

Delacorte Theater – Localizado no coração de Central Park, é mais conhecido por conta do Shakespeare in the Park,  uma das mais amadas tradições de verão da cidade de Nova York. As apresentações são gratuitas e você pode conferir informações aqui.

Belvedere Castle – Belvedere significa “bela vista” em italiano. E é isso que esse castelo oferece! Com suas duas varandas, tem maravilhosas vistas panorâmicas do parque.

Glade Arch – uma das pontes mais clássicas e charmosas do Central Park.

The Loeb Boathouse – restaurante super charmoso, que fica à beira de um lago. Uma ótima escolha para quem procura um local romântico! Sentar próximo às janelas, apreciando a vista do lago, é inesquecível. Os preços dos pratos principais variam de U$16 a U$26, um valor bem justo e a comida é bem gostosa. Veja mais detalhes neste post!

The Loeb Boathouse Boat Rental – ali do lado do restaurante você pode alugar um barquinho para fazer um passeio no lago. Custa U$15 por hora e cada barco comporta 4 pessoas. Outra opção –  bem romântica – é fazer um passeio de gôndola! A gôndola comporta até 6 pessoas e um dos gondoleiros é  brasileiro, o Joseph Gama! Custa U$45 por meia hora. Mais infos aqui.

Bethesda Fountain – é outro ponto super famoso do Central Park, que sempre acaba aparecendo em filmes e seriados. No verão, o chafariz é ligado. É uma delícia sentar por ali e observar o movimento!

Wagner Cove – localizado na beira do lago, esse casinha de madeira é um dos cenários mais desejados dos noivos que desejam se casar no parque. Rende fotos lindas!

Bow Bridge – o Central Park tem muitas pontes e você provavelmente vai cruzar várias delas durante seu passeio. Essa é, certamente, uma das mais famosas, clássicas e românticas!

Strawberry Fields – é onde está o famoso tributo a John Lennon, com os dizeres “Imagine” desenhados no chão.

Alice in Wonderland – é uma das estátuas mais lindas do parque! E a favorita das crianças, que adoram escalar a estátua. Ela é feita de bronze e foi criada pelo escultor americano de origem espanhola José de Creeft.

Rumsey Playfield – é onde geralmente acontecem apresentações de música e dança. Os shows do Good Morning America também rolam por ali no verão.

Naumburg Bandshell – outro palco lindo onde também rolam apresentações de música. É nessa área que as pessoas se concentram no Revéillon também.

The Mall and Literary Walk – um verdadeiro corredor de árvores, que muda de cor de acordo com a estação do ano. Nos meses mais quentes, é comum encontrar músico e desenhistas por ali.

Sheep Meadow – uma área verde gigantesca que fica lotada nos meses quentes. É ali que as pessoas se concentram e se reúnem para fazer piqueniques, brincar, tomar sol, etc.

Tavern On the Green – outro restaurante super charmoso que fica dentro do parque. Tem uma área externa linda! Você pode conferir mais detalhes aqui.

Central Park Zoo – é o zoológico do Central Park. Não é um zoo muito grande, mas faz sucesso por ter aparecido no filme Madagascar. Os ingressos custam de U$13 a U$18. Mais infos aqui.

Wollman Rink – no inverno, esse é o lugar da pista de patinação. No verão, o espaço dá vida a um parque de diversões. Mais infos aqui.

Hallett Nature Sanctuary – esse espaço foi reaberto ao público em 2016, depois de mais de 80 anos. Ele foi fechado originalmente para se tornar um santuário de pássaros, mas nos anos que se passaram, a floresta de quatro hectares tornou-se coberto com espécies invasoras. Agora que essas plantas foram limpas e os caminhos originais restaurados, é mais uma vez aberto aos visitantes por horas limitadas.

Cats Rock – essas pedras ficam num lugar elevado e proporcionam uma vista linda para o skyline de Manhattan!

Gostaram desse guia? Espero que essas dicas possam ajudar vocês a explorar melhor o parque! À medida que eu for lembrando – e conhecendo mais locais do parque – vou atualizando o post!

Author

One comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *