NYC

NYC Beauty – seu guia para compras de beleza em Nova York

Hoje é um daqueles dias que eu tenho vontade de gritar de felicidade, pois o que vou compartilhar aqui é fruto de um ano de muito trabalho e que faz eu sentir um orgulho imenso. Na realidade, se eu analisar bem, esse projeto é resultado de várias coisas que aconteceram no decorrer da minha vida. E como o momento permite, queria contar uma breve historinha…

Quando eu tinha uns 12 ou 13 anos, eu virei para a minha mãe e falei: mãe, quero ser revendedora Avon. Não demorou para  a minha mãe ligar para a central da marca e fazer o cadastro – afinal, eu era menor de idade. Essa minha trajetória como revendedora durou anos. Eu comecei a ganhar meu próprio dinheiro e administrar um mini negócio. Paralelo a isso, nasceu o meu amor pelo mundo dos cosméticos. Um dos momentos mais legais era receber o catálogo exclusivo das revendedoras para saber quais seriam os lançamentos das próximas campanhas. Esse trabalho fez parte de várias fases da minha vida.

Aos 19 anos, eu fui para Tubarão estudar Jornalismo. Continuei vendendo os produtos para as novas amigas e contatos e adorava visitar as lojas de cabeleireiros para comprar produtos novos e muitos esmaltes. Depois de me formar em Jornalismo, comecei a acompanhar blogs de beleza, que estavam começando a entrar no auge. Adorava explorar os posts e me pegava imaginando como seriam meus posts se eu tivesse um blog. Em julho de 2010, eu transformei esses devaneios em realidade. Lembro que eu e Thiago passamos um domingo inteiro trabalhando no layout do então Habitat Feminino, nome escolhido para o meu blog.

Neste espaço, eu escrevia sobre cosméticos, dava dicas do que funcionava para mim e fazia resenha de cosméticos. Também comecei a me arriscar em posts de moda. Ano a ano, eu fui amadurecendo como jornalista e amadurecendo meu conteúdo, criando meus critérios e minha curadoria para os assuntos abordados nos posts. Com o Habitat Feminino, conquistei muitas coisas: clientes de gerenciamento de mídias sociais, uma visita à fábrica da Natura, um convite para ser colunista no Diário do Sul e duas viagens para Medellin, na Colômbia, sem contar os vários outros contatos e trabalhos que fiz.

Em 2014, como muitos de vocês sabem, eu mudei para Nova York. Eu já adorava acompanhar as novidades de beleza da gringa e imaginem então que loucura é você ter acesso a todas essas novidades. A cidade começou a fazer parte dos posts do blog, até que, um ano depois morando aqui, eu decidi focar somente na Big Apple. Deixar de falar de moda não doeu, confesso, mas a ideia de parar de escrever sobre beleza me angustiava. Por isso, eu passei a incluir pautas sobre cosméticos e lojas sempre relacionando com Nova York – afinal, muita gente adoro fazer comprinhas de beleza por aqui. Eu também sempre fui aquela para a qual as amigas pediam dicas de produtos. E eu explorei vários lugares nada óbvios para compras de beleza por aqui. De repente, deu um estalo e eu criei um serviço de Personal Beauty Shopper, para ajudar as brasileiras na hora de escolher seus cosméticos. Mas o dólar subiu e foi inviável manter o serviço.

Não foi um problema. Eu sou do time que acha que é sempre bom tentar para ver o que dar. A criação desse serviço me deixou um legado: muito conhecimento sobre as lojas daqui. E seria um desperdício não dividir esse conhecimento com as leitoras. Foi aí que eu tive a ideia de criar um e-book – lançado em novembro do ano passado – para reunir várias lojas e ajudar com dicas de lugares fora do comum. O e-book foi um sucesso – eu consegui emplacar até uma notinha do site da Revista Glamour (me deixa, foi uma emoção muito forte). Eu já tinha uma lista de lojas para acrescentar a uma segunda edição do livro. Até que deu outro estalo: esse mercado é tão dinâmico que um e-book é pouco para acompanhar cada loja que abre ou fecha. Nasceu a ideia de um aplicativo, um guia de lojas de beleza em Nova York, em versão mobile.

Hoje, depois de trabalhar por vários meses nesse projeto – junto com o Thiago, que abraçou essa ideia comigo e foi essencial em todos os passos – estamos lançando o NYC Beauty. E eu respiro com aquele sentimento de dever cumprido e ao mesmo tempo ansiosa para colocar em prática todas as ideias que tenho para o futuro desse app. Se eu pudessse falar alguma coisa para a Laura de 13 anos seria, com certeza, obrigada!

Agora, depois de me permitirem esse momento reflexão, vamos falar sobre o aplicativo? O NYC Beauty reúne várias lojas de cosméticos de Nova York, divididas em categorias: para economizar, farmácias e lojas multimarcas, maquiagem, cuidados com a pele, corpo, cabelos, marcas coreanas, lojas nicho, cosméticos naturais e perfumes. Dentro de cada loja, há ícones que indicam que tipos de cosméticos vocês vão encontrar naquela loja. Vamos supor que estamos falando, por exemplo, da Aveda, que está na categoria “cabelos”, porque esse nicho é o carro-chefe da marca. Mas a Aveda também tem maquiagem e produtos para o corpo e rosto, e esses ícones vão ajudar vocês a identificar essa informação. O texto conta com uma descrição da loja/marca, informações e algumas dicas. Você vai encontrar também os endereços, horários de funcionamento e telefones. Ao clicar na foto principal da loja, você vai para uma galeria de imagens. Vale destacar também o “Mapa da cidade”, onde vocês vão ver todas as lojas cadastradas mapeadas e podem navegar por região.

O NYC Beauty é um projeto Beta – significa que ainda estamos trabalhando nele, com melhorias e novas funcionalidades. Além disso, já estamos planejando coisas novas para a segunda versão. Ele está disponível, por enquanto, apenas na App Store – então, se você tem um IPhone ou IPad, já pode fazer o download, gratuitamente. Aguardem, pois vamos negociar promoções e descontos especiais para os usuários.

UPDATE: Já disponível para Android! Baixem! 

Agora, eu conto com a ajuda de vocês para baixar e usar o aplicativo, e, se tiverem sugestões de melhorias e funcionalidades, dividam conosco. Pode ser por aqui, pelo Insta ou pelo meu e-mail (laura@lauraperuchi.com).  Estamos já com um perfil no Instagram @nycbeautyapp e eu vou adorar se vocês seguirem, pois pretendemos desenvolver um trabalho bem legal por lá, sempre falando do mercado de beleza da cidade. Se vocês já curtem minhas dicas de produtos, tenho certeza que vão amar acompanhar esse trabalho mais intenso por lá.

Por ora, muito obrigada por toda a confiança no meu trabalho! Espero que o NYC Beauty possa ajudar vocês a explorar o maravilhoso mundo dos cosméticos que existe em Nova York!


2 Comentários

  1. Seria muuuuuuito legal informar quais lojas de NY fazem envios para o Brasil! As vezes fico angustiada com tantos lançamentos gringos que não vendem aqui! Fico com uma mega listinha para comprar apenas nas viagens…

  2. Olá Laura! Adoro o teu trabalho e tem me ajudado imenso no planeamento da minha 1° vez em NYC. Baixei tua APP e senti falta de dicas sobre a marca Joico.
    Sou fã dos produtos Joico e gostava de saber onde posso encontrar… Beijinhos e parabéns pelo sucesso.

Leave a Response