O Westlight rooftop e sua incrível vista para Manhattan

Um dos programas mais legais de se fazer aqui em Nova York é frequentar os rooftops. Localizados nos terraços de prédios da cidade – em sua maioria hoteis – são bares que acabam tendo a vista privilegiada como destaque. Há inúmeros rooftops na cidade e o mais bacana é que sempre tem um espaço novo abrindo. A novidade do momento é o Westlight, o rooftop que fica no The William Vale, localizado em Williamsburg, Brooklyn. Tinha visto algumas imagens da vista de lá nas redes sociais e fiquei encantada. Na última sexta, estivemos lá conferindo e hoje estou aqui para recomendar o local.

Localizado no 22° andar do hotel, o Westlight tem uma vista de tirar o fôlego! Como Williamsburg fica ao leste de Manhattan, já dá pra imaginar o quão incrível é o visual de lá, né? Nada mais nada menos que o skyline da cidade – com prédios como o Empire State e o One World Trade Center, sem contar o bônus do East River, que resulta numa imagem espetacular. Sem exageros: já subi em alguns rooftops da cidade, já estive em alguns pontos para observar Manhattan. O Westlight foi, até hoje, o lugar que proporcionou a vista mais linda da cidade. Está, para mim, no mesmo patamar do Top of the Rock e do One World Trade Center Observatory. Como estivemos lá no fim do dia, tivemos a oportunidade de apreciar o pôr do sol e… que lindeza!

O bar tem uma área fechada – que vai ser ideal para quem quer visitar o local durante os meses frios – e uma vasta área aberta, cercada por vidros, o que deixa a experiência ainda mais completa. Além disso, há também um segundo andar, com grama artificial e espaço amplo – mas estava fechado para ajustes no dia que estive lá. O hotel também é um show à parte. Com 183 quartos, foi inaugurado no começo do mês e tem uma arquitetura incrível, com instalações super modernas. Deu vontade de ficar hospedada lá!

Como se trata de um bar, espere um menu recheado com opções de vinhos (taças e garrafas), drinks super caprichados e bem-servidos (com preços médios de U$14) e também uma seleção de cervejas (com preços médios de U$7). Se bater a fome, há também algumas opções como burger, fritas, saladas e outros tipos de aperitivos. Mas, lembre-se que é um bar, não um restaurante. Se quiser sair de lá bem satisfeito, o ideal é pedir vários pratos e dividir. Os preços vão de U$6 a U$20. Ah, e há algumas opções de sobremesas também.

O segundo piso, que não estava aberto. Crédito: @sandrawhyhong
O segundo piso, que não estava aberto. Crédito: @sandrawhyhong

Foi uma experiência maravilhosa, não tenho do que reclamar. Vista incrível, ótimo atendimento, bons drinks. Precisa de mais alguma coisa? Vale salientar que o dress code é bem informal – todo mundo estava vestido de uma maneira bem despojada, inclusive muitas pessoas estavam de tênis. Ah, eu sugiro também fazer reserva para garantir um bom lugar – você pode fazer pelo próprio site. O bar abre todos os dias – de domingo a quarta, das 16h às 12h e de quinta a sábado das 16h às 2h. Lembre-se que é preciso apresentar uma identidade para provar que é maior de 21 anos.

E fiquem ligados, pois o The William Vale vai abrir um restaurante italiano em breve, o Leuca. Ou seja, dá pra comer no restaurante e depois tomar uns drinks no rooftop e vice-versa.

Endereço: 111 North 12th Street – Williamsburg, Brooklyn. Use a linha L. 

Author

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *